HIV

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Fonte: Ministério da Saúde (http://www.aids.gov.br/pt-br/publico-geral/o-que-e-hiv)

HIV é a sigla em inglês do vírus da imunodeficiência humana. Causador da aids, ataca o sistema imunológico, responsável por defender o organismo de doenças. As células mais atingidas são os linfócitos T CD4+. E é alterando o DNA dessa célula que o HIV faz cópias de si mesmo. Depois de se multiplicar, rompe os linfócitos em busca de outros para continuar a infecção.

Ter o HIV não é a mesma coisa que ter aids. Há muitos soropositivos que vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença. Mas podem transmitir o vírus a outras pessoas pelas relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação, quando não tomam as devidas medidas de prevenção. Por isso, é sempre importante fazer o teste e se proteger em todas as situações.

O HIV é um retrovírus, classificado na subfamília dos Lentiviridae. Esses vírus compartilham algumas propriedades comuns: período de incubação prolongado antes do surgimento dos sintomas da doença, infecção das células do sangue e do sistema nervoso e supressão do sistema imune.

A cannabis no tratamento paliativo do HIV

A cannabis e seus canabinoides, além do efeito relaxante e ansiolítico, promovem bem estar para pacientes portadores de HIV sem controle adequado. Nesses pacientes, além de melhorar sono e apetite contribuindo para redução da perda de peso, os canabinoides proporcionam melhora do quadro de polineuropatia sensorial distal manifestada como dor neuropática induzida pela medicação antirretroviral e apresentam influência direta na melhora da imunossupressão.

Fonte: Ama+Me

Artigos Relacionados

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese