A Pior Lei de Drogas do Mundo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
cecilia-galicio-colunista-sechat
(Créditos da imagem: Sechat/Arquivo)

Coluna de Cecilia Galício

Faz sentido isso?
Fez sentido isso?
Foi sentido isso?
O que é que tem sentido?
O que é que tens sentido?
Como temos nos sentido?
Qual o sentido disso tudo?
Qual é o sentido de sentirmos?
Enquanto isso, vamos sentindo.
Sentados, sentindo o peso disso tudo
Que também significa
Pagar impostos mal geridos
Gastos à toa na injustiça
Pelos homens da justiça
Homens brancos da justiça
Gastando (gozando com) o direito público.
Com a arma na mão,
Com a mão de acusar,
Com a mão de condenar
Gastando (gozando com) o dinheiro público sem dó.
A pior Lei de Drogas do mundo
Gastando (gozando do) dinheiro público sem dó
Nem piedade
Nem dignidade
Nem nada.
Só homens brancos
Gastando (gozando com) o dinheiro público
Na pior Lei de Drogas do mundo.

(Contribuição de Mateus Moro, Defensor Público)

Cecilia Galício é advogada militante pelo fim da Guerra às Drogas, mestre em Direito Internacional Público, integra a diretoria da Rede Jurídica pela Reforma da Política de Drogas – Rede Reforma, é Conselheira Suplente do Conselho Estadual de Política sobre Drogas de São Paulo – CONED/SP pela Acuca, integrante da RENFA – Rede Nacional de Feministas Antiproibicionistas.

As opiniões veiculadas nesse artigo são pessoais e não correspondem, necessariamente, à posição do Sechat.

VEJA TAMBÉM:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese