Evento no RJ conta a história da maconha a partir de filmes e debates

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Com o objetivo de questionar a “guerra às drogas”, será realizado em Paraty, no litoral do RJ, em setembro, a V Mostra As Histórias da Cannabis em Filmes e Debates, promovida pela Casa da Cultura e Coletivo João do Rio. A iniciativa busca o diálogo para inserir nesse debate pessoas que acham que não estão ligados diretamente ao problema, por não serem usuários de drogas ilícitas ou por não morarem em áreas ditas de risco, e sensibilizá-las a se engajarem na luta pela vida, por mais direitos, justiça e cidadania.

“Porque uma “guerra às drogas” que legitima a morte em nome da vida?”, questiona o fotógrafo Guido Nietmann, que trabalha na organização do evento.

“Com a realização dessa mostra de cinema nos juntamos a outras iniciativas na denúncia da violência sistemática exercida pelo Estado brasileiro direcionado, principalmente, a uma parcela da população, pobres e pretos de favelas e bairros periféricos”, argumenta o artista.

PROGRAMAÇÃO EM PARATY:

>>11/09/Qua. 18:30 hs
Curta: “Maconha e Espiritualidade”, direção Leticia Miranda.
Longa: “Legalize Já Amizade Nunca Morre”, direção Gustavo Bonaté e Johnny Araújo.

>>12/09/Qui. 18:30 hs
Curta: “A Dor dos Outros”, direção Tarso Araújo
Longa: “Faroeste Caboclo”, direção Renê Sampaio.

>>13/09/Sex. 18:30 hs
Curta: “Estado de Proibição”, realização PBPD Plataforma Brasileira de Politicas de Drogas.
Longa: “Auto de Resistência”, direção Natasha Neri e Lula Carvalho

Debate pós filme/Sex 20:30 hs :
Tema: “Guerra às Drogas”: Uma estratégia racista de controle social.
Debatedores:
Ronaldo Santos, educador, músico do grupo de rap quilombola Realidade Negra do Quilombo de Campinho – Paraty, liderança nacional do movimento quilombola e do Fórum de Comunidades Tradicionais.
Mediador: Ronald Almenteiro: Curador e Produtor da mostra.

14/09/Sab. 10:00 hs
DEBATE

Tema: “O uso terapêutico da Cannabis – Maconha”.
Objetivo: Discutir a regulamentação, as implicações, o auto cultivo e os benefícios do uso da Cannabis/Maconha no tratamento de variadas doenças.

Debatedores:
-Uso Medicinal – Aplicações Médicas
Dr. Eduardo Farevet: Neuropediatra com especialização em epilepsia na Alemanha (Universidade de Bonn e Epilepsie – Zentrum Bethel), Fundador e ex-presidente da Associação Brasileira de Epilepsia – Rio, Diretor médico do Centro de Epilepsia do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer. Diretor médico da Abracannabis e da Apepi.

-Legislação
Dr. André Barros: Advogado da Marcha da Maconha, mestre em ciências penais. Vice presidente da Comissão de Direitos Sociais e Interlocução Socio Popular e membro do Instituto dos Advogados do Brasil.

-Plantio – Auto Cultivo
Bernardo Monteiro: Administrador, Designer, Diretor da Abracannabis e fundador da Forest Indoor.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese