Israel amplia programa de cannabis medicinal em tempos de conflito com Hamas 

Uso medicinal da maconha como resposta às cicatrizes da guerra

Publicada em 10/11/2023

capa
Compartilhe:

Enquanto Israel e o Hamas travam um conflito contínuo, uma narrativa surpreendente emerge nos corredores da saúde israelense, um aumento significativo no programa de maconha medicinal do país. Em outubro, o registro de pacientes atingiu a marca de 2.202 pessoas, representando o dobro do crescimento médio mensal. Este aumento, segundo o Marijuana Moment, destaca-se especialmente entre pacientes em busca de alívio para o transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e a dor resultante da guerra. 

 

Faixa de Gaza (Iamgem: Reprodução/Instituto de Estratégia e Segurança de Jerusalém)

A crise trouxe consigo um recorde mensal de 5.173 quilos de produtos de cannabis especificados, refletindo a maior demanda já registrada no sistema. O aumento nas prescrições de maconha medicinal para tratar o TEPT é evidente, enquanto a dor crônica continua a ser uma condição preponderante entre os novos inscritos. Cerca de 400 pacientes foram registrados por condições não especificadas, indicando a complexidade das necessidades de saúde decorrentes do conflito. 

 

A demografia dos pacientes de maconha medicinal em Israel é diversificada, com quase 45% na faixa etária de 21 a 45 anos. Outros 34% têm entre 46 e 65 anos, enquanto aproximadamente 18% têm 65 anos ou mais. Uma pequena fração, composta principalmente por crianças com epilepsia ou autismo, representa os pacientes com menos de 20 anos de idade. 

 

Para garantir o acesso contínuo à maconha medicinal, Israel estendeu as prescrições por mais três meses após o ataque do Hamas em 7 de outubro, antecipando mudanças futuras para tornar os derivados da planta mais acessíveis, permitindo que os pacientes a obtenham mediante receita de qualquer médico, eliminando a necessidade de uma licença especial. 

 

Num contexto em que as cicatrizes da guerra se manifestam não apenas fisicamente, mas também emocionalmente, a maconha medicinal emerge como uma resposta inesperada e vital, fornecendo alívio a uma população impactada pelo conflito no Oriente Médio. 

 

Participe da Medical Cannabis Fair 2024

 

https://www.youtube.com/watch?v=Du3PWe-fwrU
Mundo