149 produtores de Cannabis se inscreveram para teste de licenciamento na Holanda

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Traduzido do site NL Times

Um total de 149 produtores de Cannabis aplicados participa do experimento do governo com o cultivo regulamentado de Cannabis. No próximo período, os Ministérios da Assistência Médica e da Justiça e Segurança avaliarão os pedidos. O governo espera nomear seus dez produtores no início de 2021, anunciaram os ministérios na quarta-feira.

Os produtores de Cannabis entraram em contato entre 1 e 28 de julho para preencher os formulários de solicitação do governo. Estes serão agora avaliados quanto à sua integralidade e os produtores serão avaliados. O governo também consultará os municípios onde os possíveis cultivadores desejam estabelecer possíveis efeitos sobre a ordem pública e a segurança.

Um total de 10 municípios estão participando desse experimento. Uma vez lançado, os CoffeeShops desses municípios só poderão vender Cannabis cultivada por um dos cultivadores designados pelo governo. O objetivo é ver que o efeito de uma cadeia regulamentada de Cannabis tem na segurança pública.

As cidades incluídas no teste provavelmente incluirão Almere, Arnhem, Breda, Groningen, Heerlen, Hellevoetsluis, Maastricht, Nijmegen, Tilburg e Zaanstad

Mais do dobro do número de cidades manifestou interesse em participar do experimento, incluindo as quatro maiores do país: Amsterdã, Roterdã, Utrecht e Haia. No entanto, o governo decidiu que todas as cafeterias das cidades participantes seriam obrigadas a usar apenas fornecedores licenciados de Cannabis durante o experimento.

A prefeita de Amsterdã, Femke Halsema, não achou que essa era uma expectativa realista para a capital do país, onde existem cerca de 170 cafeterias. Ela expressou preocupação de que tentar acabar com todos os fornecedores ilegais de maconha de uma só vez causaria mais violência e caos, ou levaria as Coffeeshops a fechar acordos tranquilos com os traficantes.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES
ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese