Afinal, vale a pena investir na cannabis?

Desmistificando a queda dos fundos e revelando oportunidades de um mercado em amplo crescimento

Publicada em 28/03/2024

capa
Compartilhe:

Em meio aos desafios do mercado financeiro, a indústria da cannabis, em particular, tem despertado curiosidades e incertezas. O frenesi inicial de investimentos, seguido por uma queda aparentemente dramática nos valores dos fundos, deixou muitos se perguntando se o investimento em cannabis ainda é uma aposta válida. No entanto, como qualquer empreendimento desafiador, essa é uma história que vai muito além das manchetes de mercado.

Enquanto alguns veem apenas a queda dos números, visionários enxergam além das oscilações de curto prazo. Por trás dos gráficos voláteis, há uma narrativa de mudança e inovação.  

 

marcelo-de-vita-grecco.webp
Marcelo de Vita Grecco é co-fundador da The Green Hub, aceleradora de startups do ecossistema da cannabis. Formado em administração de empresas em Boston – USA, com mais de 20 anos de experiencia nas áreas de marketing e desenvolvimento de novos negócios. Atuou em empresas multinacionais como Leggett & Platt e RTC Industries. Nos últimos anos vem atuando como consultor em projetos de marketing, transformação digital e open innovation para o setor da saúde. | Foto: Arquivo
 

“O setor da cannabis continua a florescer, impulsionado por avanços regulatórios, mudanças sociais e descobertas científicas que prometem transformar a maneira como vemos essa planta milenar”, destaca Marcelo De Vita Grecco, investidor e empresário do ramo da planta.

Diversidade de mercado

Os investimentos em cannabis não se limitam apenas ao cultivo da planta. Eles abrem as portas para um vasto campo de oportunidades que se estendem desde a medicina até a indústria têxtil, ressalta Grecco que completa.  

“Além disso, a diversificação geográfica oferece uma cobertura contra os riscos cambiais, enquanto a ampla gama de setores relacionados à cannabis oferece uma variedade de opções para os investidores explorarem”.

Enquanto a legalização e regulamentação da cannabis caminham, desafiando os tabus e estigmas que cercam essa planta há décadas, mais países e estados abraçam seu uso medicinal, industrial e adulto, abrindo um vasto mercado ainda não totalmente explorado. Esse movimento rumo à aceitação legal cria, segundo Grecco, oportunidades sem precedentes para investidores astutos.

Cannabis além dos números

O empresário ressalta que investir em cannabis não é apenas uma questão de números e lucros, é também uma jornada de impacto positivo na saúde e na sociedade.  

“Os avanços na pesquisa médica estão revelando o potencial terapêutico da cannabis para uma variedade de condições, enquanto o debate sobre a regulamentação visa desmantelar políticas punitivas, abrindo caminho para uma abordagem mais humana e compassiva para lidar com essa planta.”

Ele explica ainda que, embora o caminho à frente possa ser pontilhado de desafios e incertezas, o futuro da cannabis está repleto de promessas e possibilidades. “Aqueles que têm a visão de longo prazo e a coragem de abraçar a mudança estão posicionados para colher os frutos desse mercado em evolução. A cannabis não é apenas uma planta, é uma jornada de descoberta, inovação e transformação que está apenas começando”.

Em resumo, investir em cannabis não é apenas uma questão de lucro, é uma oportunidade de fazer parte de uma história maior, uma história de mudança e progresso. Enquanto os números podem subir e descer, o potencial da cannabis para impactar positivamente o mundo é inegável.  

“A questão não é se investir em cannabis vale a pena, mas sim se podemos nos dar ao luxo de perder essa oportunidade”, finaliza Grecco.