Guerra na Ucrânia gera solidariedade

Enquanto o país é bombardeado pela Rússia, construtor cria casas de cânhamo para abrigar refugiados

Publicada em 14/12/2022

capa
Compartilhe:

Curadoria e edição Sechat, com informações de Hemp Today

Antes mesmo da Rússia iniciar uma guerra contra a Ucrânia, o construtor Sergiy Kovalenkov, estava empenhado em trazer espaços de vida saudáveis ​​e ecologicamente corretos para os cidadãos ucranianos.

Com a guerra destruindo casas em muitas partes do país, a missão de Kovalenkov aumentou, com cada vez mais  refugiados deslocados.

Projeto social

As bombas não pararam Kovalenkov, que lançou o projeto “Hemp. Ucrânia. Recuperar." , um fundo sem fins lucrativos destinado a fornecer soluções sustentáveis ​​de moradia de cânhamo e ajuda psicológica para cidadãos e veteranos afetados pela guerra. 

A peça central da iniciativa é um complexo de apartamentos de 30 unidades em construção perto de Morshyn, uma pequena cidade na parte oeste do país, especificamente para famílias refugiadas e órfãos. O complexo é o primeiro de um projeto de três fases que incorpora a restauração de um antigo prédio de laticínios e uma nova construção.

“Muitos dos projetos que havíamos planejado foram interrompidos e os clientes fugiram do país”, disse Kovalenkov ao portal Hemp Today. O fundador e CEO da construtora Hempire, de Kyiv, começou a construir casas de cânhamo na Ucrânia em 2015. “Há um grande golpe financeiro para a Ucrânia, visto que milhões de cidadãos estão saindo com suas economias”.

O projeto "Cânhamo. Ucrânia. Recuperar", recorreu ao crowdfunding (financiamento coletivo) para apoiar o desenvolvimento de Morshyn, onde o hempcrete (derivado do cânhamo) é usado para construir casas que servirão de abrigo para os refugiados de guerra.

Futuro do país

Alguns refugiados que “perderam tudo” estão construindo suas próprias casas através do projeto. Ensiná-los sobre construção de cânhamo no local, adquirindo habilidades que serão valiosas em um cenário de reconstrução pós-guerra e ainda baseado em construções sustentáveis, na visão de Kovalenkov, são o futuro da nação.

Casa de cânhamo para refugiados de guerra na Ucrânia (Imagem: Reprodução/Hemp Today)

O construtor afirma também que não  pararão as contruções, mesmo durante os meses de inverno, O “Hemp. Ucrânia. Recuperar." está se concentrando agora em alinhar fontes de abastecimento para acelerar a obra na primavera, enquanto expande suas atividades de captação de recursos e mídia.

“É difícil construir durante o inverno, especialmente porque as temperaturas caem e as quedas de energia duram muitas horas devido aos ataques de foguetes”, disse Kovalenkov. Contudo, o idealizador da ação afirma que já estão em fase de fechamento das estruturas.

ucrânia