Parceria estratégica entre halthtech e indústria farmacêutica mira reduzir custo para consumidor final

Colaboração visa tornar tratamentos mais acessíveis e ampliar do portfólio de produtos

Publicada em 25/10/2023

capa
Compartilhe:

Por Leandro Maia

Reduzir o custo dos produtos à base de canabinoides extraídos da planta Cannabis sativa e ampliar a fatia de mercado são os objetivos da mais nova parceria estratégica do setor. A Endogen, healthtech especializada em Cannabis medicinal e nutrição fundamentada em ciência para promover qualidade de vida, anunciou, nesta quarta-feria - dia 25 de outubro, uma parceria com a indústria farmacêutica Cellera Farma, plataforma de negócios em crescente expansão, para a produção de produtos à base de Cannabis medicinal no território brasileiro. O acordo consolida o compromisso das empresas em reduzir os custos desses itens, tornando-os assim mais acessíveis para o público final.

Lukas Fischer, CEO da Endogen | Foto: divulgação

Além disso, o objetivo das empresas é a ampliação de portfólio para abranger uma gama mais diversificada de produtos fitoterápicos. Essa parceria viabiliza o envase de produtos de alta qualidade destinados a fins medicinais, seguindo rigorosos padrões de excelência e conformidade regulatória. Isso garantirá que os pacientes no Brasil tenham acesso a tratamentos com produtos derivados de Cannabis que estejam em conformidade com os mais altos padrões internacionais. "Esta parceria marca um ponto crucial na evolução da indústria farmacêutica e da cannabis medicinal no Brasil. Já oferecemos nosso produto importado da Suíça, agora, também, teremos a oportunidade de trabalhar com a matéria-prima e realizar o envase no território nacional, possibilitando a chegada nas farmácias a um custo reduzido em cerca de 20% a 25%", comenta Lukas Fischer, CEO da Endogen.

Parceria estratégica

Omilton Visconde Júnior, CEO da Cellera Farma | Foto: divulgação

“Buscar alianças é o core do negócio da Cellera e a parceria com a Endogen no projeto Cannabis Medicinal fortalece nosso compromisso no acesso a alternativas terapêuticas com importante valor medicinal, agregando valor ao nosso negócio”, afirma Omilton Visconde Júnior, CEO da Cellera Farma.

Desde 2019, a Cellera Farma vem fechando importantes acordos de parceria com empresas como Johnson & Johnson, Ferring e Sanofi em acordos estratégicos de promoção médica, comercialização e distribuição de marcas consolidadas como Concerta®, Haldol®, Invega®, Pentasa® e Pyloripac® fortalecendo seu posicionamento em Gastroenterologia e Sistema Nervoso Central. Além das aquisições dos produtos Pamelor, Benerva e Tylex. As vendas da empresa em 2023 deverão atingir R$ 500 milhões, um crescimento de 22% em relação a 2022.

A Endogen hoje oferece no varejo farmacêutico os seus produtos da Zion MedPharma, uma de suas marcas, sendo eles o extrato de Cannabis sativa com a apresentação de 10 mL, produzido na Suíça. E, recentemente a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou sua versão com 30 mL. De acordo com Fischer, “até dezembro teremos a nova versão disponível nas grandes redes associadas à Abrafarma. Além disso, estamos com sete novas opções protocoladas que serão importadas dos Estados Unidos e outros países, o que trará aos médicos e pacientes, concentrações distintas de CBD, THC, entre outros”.

De acordo com Lukas, ainda que tenha autorização da Anvisa, a importação continua sendo um procedimento demorado. “A partir de 2024, será viável obter alternativas com excelente relação custo-benefício, ao mesmo tempo em que se torna mais fácil o manejo de doses com diferentes concentrações dos fitocanabinoides. Essa parceria solidifica a posição da empresa como a healthtech a oferecer um dos maiores portfolios de produtos à base de Cannabis disponíveis no mercado farmacêutico brasileiro”, conclui Fischer.