Instituto projeta ferramenta computacional para estudo genético da cannabis

A pesquisa que busca levantar informações para o plano de cultivo está sendo realizada por um grupo de pesquisadores em Santa Fé

Publicada em 24/11/2023

capa
Compartilhe:

Por Leandro Maia com informações do portal Industria Cannabis

Em Santa Fé, na Argentina, o Instituto Leloir está desenvolvendo uma ferramenta computacional inovadora para auxiliar os avanços na genética medicinal da cannabis no país que visam desenvolver novos fenótipos.

O objetivo da equipe de pesquisadores é selecionar espécimes potencialmente valiosos a nível molecular para programar a implementação de um plano de cultivo.

Saiba mais sobre o ecossitema da cannabis baixando gratuitamente o 3º Guia Sechat da Cannabis

De acordo com a publicação do portal Industria Cannabis, o projeto em desenvolvimento foi um dos 16 selecionados pela chamada 2022 “Soluções Inovadoras para Desafios de Software”, promovida pela Fundação Sadosky e pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação.

Os pesquisadores explicaram que, inicialmento, uma base de dados será consolidada, englobando todos os genomas de cannabis publicados internacionalmente. Essa base foi projetada para expandir à medida que mais dados genômicos, tanto de fontes internacionais quanto nacionais, se tornarem conhecidos.

Além disso, explicaram que irão adicionar “informações fenotípicas à medida que as culturas geram dados” à base de dados para associar os genes às características observadas durante a cultura que é desenvolvida legalmente nas estufas do INTA Oliveros.

Cristina Marino-Buslje, ​​investigadora do Instituto Leloir e diretora do projeto de bioinformática, disse ao portal que “as ferramentas desenvolvidas permitem a análise de grandes quantidades de dados, incluindo a comparação de genomas e a procura de variantes em genes isso pode trazer uma vantagem para a cultura em algumas de suas facetas.”

Ainda segundo Marino-Buslje, as características procuradas podem ser “maior produção de CBD, época de floração ou resistência ao stress hídrico, para citar alguns exemplos”. Tanto a empresa quanto o grupo de pesquisa concordam que a importância da genética buscada é ajudar pessoas com diversas patologias.