Como tratar uma ressaca com cannabis?

Médico explica como os compostos da planta podem proporcionar alívio após o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, comum em grandes eventos como o carnaval

Publicada em 19/02/2024

capa
Compartilhe:

Após as festividades de carnaval, é comum que as pessoas enfrentem os sintomas desconfortáveis da ressaca. Encontrar alternativas para o tratamento se torna fundamental nesses momentos de indisposição. Uma opção que tem ganhado destaque é o uso dos compostos da cannabis, reconhecidos por seus diversos benefícios terapêuticos. 

O que causa a ressaca? 

De acordo com o neurocirurgião e diretor científico da Sechat, Dr. Pedro Pierro, as ressacas são desencadeadas quando as enzimas responsáveis pelo metabolismo de bebidas alcoólicas no fígado, não são capazes de realizar esse trabalho devido ao excesso de álcool no sangue.  

“A união desses elementos podem resultar em dores de cabeça, náuseas, fadiga e sensibilidade extrema a estímulos como luz e som. Além disso, o álcool desidrata o organismo e causa desequilíbrios eletrolíticos, agravando os sintomas”, explica o médico. 

 

Como a cannabis ajuda nas ressacas? 

 

A cannabis, segundo Pierro, apresenta uma variedade de formas de aliviar os sintomas da ressaca, sendo eles: 

 

  • Redução da Inflamação e Dor: Com propriedades anti-inflamatórias e analgésicas, a cannabis pode aliviar dores no corpo, incluindo dores de cabeça e enxaquecas, comuns durante a ressaca. 

 

  • Alívio de Náuseas e Vômitos: A cannabis demonstrou eficácia na redução de náuseas e vômitos, assim como destacam alguns estudos em pacientes oncológicos em tratamento quimioterápico, proporcionando conforto durante o desconforto gastrointestinal, que também são característicos da ressaca. 

 

  • Aumento de Energia e Alerta: Apesar de ser associada ao relaxamento, alguns compostos da cannabis, como o Tetrahidrocanabinol (THC), podem ter efeitos estimulantes que ajudam a combater a sensação de lentidão e cansaço pós-festa. 

 

  • Melhora do Sono: A qualidade do sono pode ser comprometida pelo consumo de álcool, contribuindo para a gravidade da ressaca. Contudo, canabinoides como o Canabigerol (CBG) e o Canabidiol (CBG), aliados a outros compostos como terpenos e flavonoides, podem ajudar a melhorar a qualidade e duração do sono, auxiliando na recuperação. 

 

 

Conclusão 

As propriedades anti-inflamatórias, analgésicas e redutoras de náuseas da cannabis se mostram valiosas para tornar as ressacas mais suportáveis. Seu potencial para aumentar a energia e melhorar o sono também contribui para aliviar os sintomas desagradáveis. No entanto, o médico ressalta que hidratação e repouso também são ótimas armas contra o desconforto causado pelo distúrbio, lembrando ainda que é essencial o contato com profissionais de saúde para encontrar o método de tratamento mais eficaz para cada indivíduo.