Plantas de cannabis têm mais de 146 canabinoides

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Diferentes níveis e proporções de canabinoides podem fazer com que um quimovar de cannabis tenha efeitos terapêuticos significativamente diferentes (Foto: Reprodução/The Cannigma/Shutterstock)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de The Cannigma (Michael Schaeffer Omer-Man)

Existem mais de 500 ingredientes químicos ativos que foram identificados na cannabis, incluindo pelo menos 146 canabinoides como o THC e CBD. Em suma, cada quimovar (pense em “cepa”) tem diferentes combinações e proporções dessas substâncias e tudo, desde as condições de cultivo até como as flores de cannabis são armazenadas, pode afetar ainda mais seu perfil químico. Portanto, considere que existem milhares de quimovares de cannabis diferentes por aí.

Embora nossa capacidade de adaptar um produto específico de cannabis para pacientes individuais ou condições médicas e sintomas ainda esteja no início, os pesquisadores de cannabis estão certos de que “realmente não vimos as capacidades da cannabis devidamente aproveitadas neste momento.”

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Mas mesmo sem entrar nas propriedades e efeitos que vários tipos e níveis de terpenos podem ter, os diferentes níveis e proporções de canabinoides podem fazer com que um quimovar de cannabis tenha efeitos terapêuticos significativamente diferentes.

Enquanto a nomenclatura da cannabis ainda está presa na era da proibição, em que havia apenas cepas boas e cepas ruins (ou indica e sativa), existem muitos profissionais, cientistas e especialistas médicos que estão tentando criar uma nova estrutura para discutir diferentes tipos de cannabis.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Os três tipo de cannabis

Sobretudo, um sistema proposto divide a cannabis em três tipos. As variedades de cannabis do tipo 1 têm alto teor de THC e baixo teor de CBD. O tipo 2 tem uma proporção mais equilibrada de THC e CBD (geralmente chamada de 1:1). Já o tipo 3 é dominante em CBD e baixo em THC. Entretanto, todos os três têm valor terapêutico, podem ser melhores ou piores para pacientes e condições específicas e podem ter efeitos diferentes no corpo.

Confira outros conteúdos sobre os benefícios da cannabis publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese