A eficácia da Cannabis no alívio da inflamação

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Como mostram os estudos, não apenas a Cannabis tem um efeito positivo em conter a inflamação e algumas doenças associadas à inflamação, o efeito de entourage criado pela combinação de canabinoides, incluindo o THC, dá à pessoa um resultado ainda melhor. Quando essa sinergia ocorre, a inflamação é grandemente aliviada, assim como as doenças e dores que a acompanham.

Qualidade e longevidade de vida são objetivos sinceros da maioria dos seres humanos, e atingir isso exige um nível de aptidão física que falta ao estilo de vida americano médio. Muitas pessoas que não conseguem se exercitar ou fazer alongamentos para sua saúde não são capazes por causa de articulações inflamadas ou outras inflamações dolorosas que impedem a atividade.

>>> A importância da Cannabis para a saúde e a economia brasileira é o tema de painéis promovidos pelo Sechat no dia 16

Como a Cannabis funciona como um anti-inflamatório, pode muito facilmente ser o bilhete para uma saúde e bem-estar melhores em todos os lugares. Se a dor nas articulações não estiver atrapalhando e a mentalidade for elevada a um nível de “posso fazer”, o mundo se abre um pouco para o medicamento e os primeiros passos em direção à saúde holística foram dados.

A Cannabis foi estudada para o alívio de doenças inflamatórias do intestino como a doença de Crohn e um estudo mostrou que as propriedades anti-inflamatórias devem ser agradecidas. Embora o objetivo inicial do estudo de buscar a remissão completa de Crohn não tenha sido alcançado, descobriu-se que 10 de 11 pacientes tratados tinham “benefícios clínicos.”

>>> O que sabemos sobre Cannabis e autismo?

Esteroides e outros medicamentos anti-inflamatórios têm muitos efeitos colaterais. Para esteroides, a eficiência do sistema imunológico pode diminuir e fraqueza muscular pode ocorrer entre outras possibilidades problemáticas. Para os AINEs, o anti-inflamatório de venda livre mais comum, o uso prolongado pode resultar em dor de estômago e, eventualmente, em úlceras.

>>> Pesquisadores analisam o CBD para tratar a inflamação pulmonar da COVID-19

Não é de admirar que tantos pacientes usem Cannabis para dores crônicas, doenças inflamatórias intestinais e até mesmo Alzheimer. É realmente uma planta milagrosa.

Fonte: informações do site The French Toast

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese