Associação de jogadores investirá em pesquisas sobre cannabis para o controle da dor

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Os atletas que participarão dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 poderão usar o CBD durante as competições depois que a Agência Mundial Antidopagem removeu o canabinoide de sua lista de substâncias proibidas (Foto: Pexels)

Por Sechat Conteúdo, com informações de Canex (Roland Sebestyén)

A NFL, que é a liga esportiva profissional de futebol dos Estados Unidos, e a associação de jogadores (NFLPA) estão oferecendo 1 milhão de dólares para pesquisas destinadas a melhor compreender o uso da cannabis medicinal e do CBD (Canabidiol) como substitutos de medicamentos à base de opioides para o controle da dor.

O Chicago Sun-Times relata que as partes concordaram em investir para encontrar uma possível alternativa no tratamento da dor para jogadores da Liga Nacional de Futebol, que frequentemente sofrem lesões e condições físicas graves durante o jogo.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

De acordo com o jornal, o Dr. Allen Sills, diretor médico da NFL, colocou a cannabis e o CBD entre as áreas que a liga deseja examinar no futuro. “Os jogadores estão sempre procurando encontrar tratamentos que irão melhorar sua qualidade de vida”, disse. “Mas, ao mesmo tempo, os jogadores estão significativamente preocupados com o impacto no desempenho.”

A liga oferecerá bolsas para que instituições realizem pesquisas e ajudem os jogadores a obter o melhor tratamento possível para suas doenças. A abordagem diferente da NFL em relação à cannabis não é nova: os jogadores da NFL não devem mais ser suspensos pelo uso de cannabis.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Os jogadores saudaram a mudança no Acordo Coletivo de Trabalho, enquanto um número significativo de jogadores aposentados relataram sobre o uso de cannabis no passado.

O CBD vem conquistando adeptos em todo o mundo esportivo. Os atletas que participarão dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020 poderão usar o CBD durante as competições depois que a Agência Mundial Antidopagem removeu o CBD de sua lista de substâncias proibidas.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

No entanto, esta última decisão da NFL pode ter um impacto maior em todo o mundo esportivo do que pode parecer à primeira vista.

Se a cannabis medicinal for considerada um substituto apropriado para os medicamentos à base de opioides, a indústria global da cannabis medicinal poderá obter um grande impulso a longo prazo.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese