Como usar Cannabis para combater os sintomas da TPM

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Se você está entre as inúmeras mulheres que são acometidas pela TPM (Tensão Pré-Menstrual) com cólicas, inchaço, dores de cabeça e mudanças de humor todos os meses, a Cannabis pode ser a solução que você está procurando.

Ainda não há provas definitivas – em grande parte como resultado da classificação de Cannabis pelo governo federal dos EUA como um remédio do Anexo I e, portanto, limitando a pesquisa disponível -, mas estudos iniciais, juntamente com relatos pessoais de pacientes, sugerem que a maconha medicinal pode reduzir os sintomas da TPM.

Cólicas menstruais

Cólicas, para muitas mulheres, são o efeito colateral mais desconfortável de um período. Eles podem variar de levemente desconfortáveis ​​a absolutamente debilitantes, dificultando, se não impossibilitando, concluir as responsabilidades diárias. 

Esse sintoma ocorre quando os músculos do abdômen se contraem para permitir que o revestimento uterino se desprenda todos os meses. As propriedades relaxantes musculares da Cannabis – THC, mais especificamente – podem ajudar a aliviar a dor dessas contrações e aliviar o desconforto das cólicas.

Dores de cabeça

Além de cólicas dolorosas, as dores de cabeça também acompanham o ciclo menstrual mensal de muitas mulheres. Dores de cabeça severas no período – às vezes chamadas de enxaqueca menstrual – podem ter um impacto na concentração, no foco e na produtividade geral. Felizmente, as propriedades anti-inflamatórias da Cannabis demonstraram ajudar a reduzir a severidade das dores de cabeça, às vezes eliminando-as completamente.

Humor deprimido

Há dores físicas e emocionais durante o período menstrual. Pensamentos e sentimentos depressivos são outro efeito colateral da TPM induzidos por hormônios que muitas precisam combater. Estudos sobre os efeitos do THC e do CBD no humor deprimido sugerem que a ingestão do medicamento pode aumentar os níveis de serotonina no corpo – seu hormônio do bem-estar – e mitigar esses sentimentos. 

E, diferentemente dos antidepressivos, que geralmente levam semanas para entrar em vigor, tomar Cannabis pode melhorar o humor.

Diarreia

E a diarreia, às vezes, visita a mulher durante a TPM. Sim, acredita-se que a maconha também possa colaborar, já que alivia cólicas e reduz a inflamação no corpo, ajudando a aliviar o desconforto gastrointestinal. 

Especificamente, em estudos iniciais, a Cannabis demonstrou reduzir a hipermotilidade, uma palavra ‘chique’ para quando os alimentos se movem muito rapidamente pelo trato gastrointestinal.

Como usar Cannabis

Quando se busca tratar os sintomas da TPM com Cannabis, existem algumas opções com relação a como ela pode ser usada.

Aplicação tópica

Se você não gosta de usar substâncias para aliviar a dor, é possível aplicar a maconha topicamente via creme ou loção.

Existem várias linhas tópicas de Cannabis para alívio da dor disponíveis nos EUA, e o tópico basta ser aplicado diretamente em qualquer lugar em que a pessoa se sinta mais desconfortável.

Chás e comestíveis

Quando a aplicação tópica não é suficiente, a ingestão de um chá ou com infusão de maconha pode ser uma ótima opção para o alívio da dor. Os comestíveis têm o dom de trazer experiências mais poderosas para o corpo do que outros modos de ingestão, o que pode torná-los entre as melhores opções para os dias mais dolorosos.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese