Estudo aponta CBD como um bom redutor de insônia

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Há muito tempo se diz que a Cannabis e seus constituintes farmacologicamente ativos, os fitocanabinoides, têm múltiplos benefícios medicinais. Uma associação frequentemente relatada pelos usuários é a sedação e melhorias subjetivas no sono.

Para examinar melhor, um estudo clínico foi recentemente divulgado pelo APA PsycNET examinou os efeitos dos canabinóides em medidas subjetivas e objetivas do sono.

A literatura atual concentra-se, principalmente, no uso de tetrahidrocanabinol (THC) e/ou canabidiol (CBD) no tratamento de condições crônicas de saúde, como esclerose múltipla, transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) e dor crônica.

O sono é frequentemente um resultado secundário e não primário nesses estudos. Muitos dos estudos revisados sugeriram que os canabinoides poderiam melhorar a qualidade do sono, diminuir os distúrbios e diminuir a latência do início do sono.

Embora muitos dos estudos tenham mostrado um efeito positivo no sono, existem muitos fatores limitantes, como pequenas amostras, exame do sono como um resultado secundário no contexto de outra doença e relativamente poucos estudos usando medidas subjetivas ou objetivas validadas.

Essa revisão também identificou várias questões que devem ser abordadas em pesquisas futuras. Essas perguntas incluem maior elucidação da dicotomia entre os efeitos do THC e do CBD, bem como a identificação de quaisquer efeitos adversos a longo prazo do uso medicinal de canabinóides.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese