Farmacêutica chinesa investe 75 milhões de dólares em empresa de cannabis

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Tasly fabrica medicamentos e produtos farmacêuticos tradicionais chineses (Foto: Ágoston Fung/Pexels)

A gigante farmacêutica chinesa Tasly Holding Group investiu 75 milhões de dólares na Puyuan Miaosheng Group (PMG), uma empresa de biotecnologia. A aliança estratégica visa promover a unidade industrial de cânhamo da PMG’s Yunnan Maye Biotechnology Co., Ltd, que recentemente, anunciou o desenvolvimento do yunma#7, uma variedade de CBD (canabidiol).

A Tasly fabrica medicamentos e produtos farmacêuticos tradicionais chineses, realiza pesquisas em medicina biológica e possui extensos canais de distribuição e recursos técnicos, tanto na China como internacionalmente. A empresa foi destacada como uma das “500 empresas privadas mais poderosas” da China este ano, e a unidade da Tasly Pharmaceutical Group foi classificada entre as 100 maiores empresas farmacêuticas da China em 2019.

>>> Sechat oferece serviço gratuito para pacientes e médicos prescritores de Cannabis medicinal

Pioneirismo e inovação 

O investimento é para apoiar o desenvolvimento das operações de Yunnan Maye em cultivo de cânhamo, alimentos e bebidas, rações para animais de estimação, novos produtos de tabaco e vaporizadores e produtos biofarmacêuticos em cinco categorias, disseram as empresas em uma cerimônia anunciando o acordo de investimento na semana passada no Kunming International Hemp Industrial Park, um campus recém-criado de empresas de cânhamo em Yunnan.

“Vamos complementar os pontos fortes um do outro e trabalhar juntos no pioneirismo e na inovação, contribuindo conjuntamente para a promoção do desenvolvimento da indústria de cânhamo industrial em Yunnan e até mesmo no país”, disse Sha Suojie, presidente do Sichuan Puyuan Miaosheng Group, sobre a parceria.

>>> Startup israelense edita gene da planta da cannabis para que resista a fungos

3 toneladas de CBD; 7 toneladas de óleo

Na primeira fase, um projeto conjunto pretende produzir 3 toneladas de CBD e 7 toneladas de óleo de espectro total até o final de 2022. A empresa declarou que pretende que a produção alcance 3 toneladas de CBD e 20 toneladas de óleo de espectro total anualmente, com um valor de produção estimado de quase 75 milhões de dólares por ano.

Yunnan, uma das duas províncias onde o cânhamo industrial está centralizado na China, tornou-se um grande player global no processamento, extração e industrialização em grande escala de CBD. A província está crescendo rapidamente como exportadora de CBD para a Europa, EUA, Canadá, Japão, Coreia do Sul e outros países e regiões, onde as matérias primas são usadas em cigarros eletrônicos, medicamentos, alimentos para animais de estimação e produtos de saúde e beleza. Algumas estimativas afirmam que Yunnan envia 50% do fornecimento global total de CBD.

>>> Após 3 meses de tratamento com cannabis, paciente com fibromialgia que recorria à morfina vê as dores sumirem

Existem atualmente 12 empresas na província que obtiveram licenças de processamento e produção de flores. As estimativas são de que essas 12 empresas representem 50% do mercado global de CBD.

Fonte: Hemp Today

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese