Ciência é ponto central de congresso brasileiro sobre uso medicinal da cannabis

Avanços, desafios e perspectivas na utilização terapêutica da cannabis e suas implicações multidisciplinares

Publicada em 10/05/2024

capa
Compartilhe:

O 3° Congresso Brasileiro de Cannabis Medicinal (CBCM), agendado para os dias 23 a 25 de maio, reunirá cerca de 100 palestrantes em São Paulo para discutir os avanços e desafios da cannabis medicinal e industrial no Brasil e na América Latina. Com uma programação abrangente, o evento abordará desde aspectos técnicos, como o funcionamento do sistema endocanabinoide, até questões práticas, como a aplicação da cannabis em diversas especialidades médicas. Espera-se a participação de aproximadamente 1.200 congressistas nos três dias de evento, no Expo Center Norte.

Um destaque do CBCM24 será a exploração de módulos interdisciplinares, discutindo temas como interação medicamentosa, tratamento de doenças neurodegenerativas e avanços no manejo de epilepsias refratárias. O sistema endocanabinoide receberá atenção especial, com análises detalhadas de sua interação com a fisiologia, farmacologia e aplicações terapêuticas, incluindo tratamentos com psicodélicos e estudos de casos clínicos reais.

O neurocirurgião Pedro Pierro, diretor científico da Sechat - plataforma de Educação, Negócios e Informação voltada para a cannabis medicinal e organizadora do CBCM, destaca a importância terapêutica da substância, afirmando que "permite controlar sintomas de epilepsia, ansiedade, depressão, entre outros".

A psiquiatra Ana Hounie, confirmada para o módulo MedCan Sistema Endocanabinoide, irá abordar o papel da cannabis medicinal no período pós-pandemia Covid-19. "Convido todos interessados a participarem deste evento importante da medicina endocanabinoide", destaca Ana Hounie.

 

image.png
Clique aqui

 

Em relação aos aspectos comerciais, Pierro enfatiza que "Cannabis sempre foi sinônimo de dinheiro", destacando a necessidade de conversas com empreendedores, investidores e profissionais da saúde para impulsionar o mercado.

“Queremos dialogar com os empreendedores e investidores, bem como com médicos, odontólogos e veterinários, que representam o gargalo da prescrição. O produto necessita da prescrição de um profissional para ser vendido. Mais prescrições significam mais produção e mais dinheiro, por conseguinte, entrando nesse mercado”, afirma Pedro Pierro.

Além disso, as discussões sobre legislação e regulamentação serão temas abordados por especialistas no assunto. Rodrigo Mesquita, advogado membro da Comissão Especial de Assuntos Regulatórios da OAB Nacional e do Comitê Científico do CBCM 2024, ressalta a importância do evento para o debate sobre a lacuna regulatória que ainda afeta o setor, visando garantir produtos eficazes, seguros e acessíveis à população. “O Congresso Brasileiro da Cannabis Medicinal se consolidou como um espaço fundamental para pensar o mercado da cannabis medicinal no país e hoje ganha importância pelo debate que vem sendo feito a respeito da lacuna regulatória que ainda impede o pleno desenvolvimento do setor. Nesta edição podemos esperar por discussões ainda mais qualificadas, a partir das evidências mais recentes, para superarmos em definitivamente o preconceito e a desinformação e assim garantirmos produtos eficazes, seguros e acessíveis à população”, ressalta.

O CBCM24 contará também com módulos dedicados à odontologia e medicina veterinária, além de abordar perspectivas de negócios e tecnologia de produção agrícola.

Veja os módulos:

MedCan Sistema Endocanabinoide: Este módulo explora o sistema endocanabinoide, sua interação com fisiologia, farmacologia e aplicações, e destaca tratamentos com psicodélicos e discussão de casos clínicos.

MedCan Especialidades: Este módulo aprofunda em especialidades médicas, abordando temas como interação medicamentosa, estética e doenças neurológicas, além de discussões de casos clínicos.

Odonto Cannabis: O modulo dedicado à odontologia apresenta um panorama das doenças odontológicas tratáveis com cannabis, além de promover a discussão de casos clínicos para facilitar diagnóstico e prescrição segura, alinhada à regulamentação odontológica.

Vet Cannabis: O módulo aprofunda conhecimentos em medicina veterinária e cannabis, abordando pautas jurídicas, integração com a Medicina Veterinária Integrativa e uso em animais de produção, fomentando debates sobre tendências e casos clínicos.

Business Cannabis: Discute as possibilidades de negócios relacionados à cannabis em um contexto global, e uma visão das oportunidades do mercado brasileiro. Dedicando-se à compreensão dos entraves legislativos, regulatórios e jurídicos para o desenvolvimento do mercado.

Agro & Tech Cannabis: O módulo aborda a produção agrícola da semente ao produto final, destacando desafios da cannabis medicinal e do cânhamo industrial, incluindo rastreabilidade e tecnologia de extração para inovação no mercado brasileiro.