Senador espera que Uruguai seja pioneiro mundial na indústria do cânhamo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Foto: Departamento de Fotografia do Parlamento do Uruguai

O senador uruguaio Juan Sartori, do Partido Nacional, declarou neste sábado (08) que o país poderá gerar muitas fontes de trabalho se apostar na indústria de produtos com base na matéria-prima no cânhamo, um derivado não psicoativo da Cannabis que permite a fabricação de diversos produtos, como os têxteis. 

Aos 38 anos, Sartori é o senador mais jovem do país. Em 2019, foi pré-candidato a presidente nas prévias do Partido Nacional, de centro-direita. Acabou sendo derrotado nas prévias partidárias por Luis Lacalle Pou, que se elegeu com 48,7% dos votos, interrompendo o governo de 15 anos do partido de esquerda Frente Ampla. 

Para o senador, além do desenvolvimento econômico que a produção a base de cânhamo produção poderá gerar, trata-se de uma indústria inovadora que potencializa a cadeia de atividades relacionadas à pesquisa científica para o criação de produtos com base na mais alta tecnologia. 

Sartori citou como exemplo a unidade de secagem de cânhamo que já passou a operar recentemente em Pueblo de San Antonio, uma comunidade que integra o departamento de Flores, situado na região sudoeste do país, com uma população de pouco mais de 25 mil habitantes. “Nosso país pode ser um dos pioneiros mundiais (na produção de cânhamo), podendo gerar muitas fontes de trabalho”, declarou o político referindo-se ao cânhamo como um segmento de vanguarda.  

O senador também destacou que o investimento em polos industriais de excelência, como o que se pretende criar nessa região do departamento de Flores, pode ser uma das alternativas para o desenvolvimento de regiões do país deprimidas economicamente, ou com dificuldade no processo de desenvolvimento e na geração de emprego e renda.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese