Bruxismo: tratamento com cannabis já é uma alternativa

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
cannabis-no-tratamento-de-bruxismo
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 30% da população mundial é afetada por essa condição. Já no Brasil, 40% dos brasileiros são acometidos pelo bruxismo. (Crédito: Oral Face Care)

Por Jacqueline Passos

A melhora na qualidade de vida, um dos benefícios da cannabis que vem ajudando milhares de pacientes, também já faz parte da odontologia, tanto no tratamento de dores, quanto para os distúrbios da região orofacial – que contempla cabeça, face, pescoço, boca ou mandíbula. Dentre esses males, está o bruxismo, que nada mais é do que a ação de apertamento ou ranger dos dentes. Esta atividade, quando realizada pelos músculos da mastigação, pode trazer consequências negativas para o paciente, como lesões orofaciais, desgastes dentários, lesão periodontal, distúrbios da articulação temporomandibular (DTM) e dor muscular. Por isso, já existem dentistas que receitam o óleo de cannabis para pacientes com bruxismo. A seguir, saiba mais sobre este mal e os benefícios do tratamento alternativo para os pacientes odontológicos.

Os tipos de bruxismo

Existem dois tipos de bruxismo: o diurno, que acontece quando o paciente está acordado, e o noturno, que acontece com o paciente inconsciente e está ligado principalmente a um distúrbio de sono. O bruxismo diurno, também chamado de briquismo, se caracteriza pela pressão dentária (apertamento) e tem relação com fatores emocionais, como a ansiedade.

cynthia-de-carlo-dentista-prescritora-de-cannabis

O bruxismo tem se apresentado com frequência, dentro das clínicas odontológicas, e cresceu muito durante a pandemia. É um hábito parafuncional com origem absolutamente multifatorial, expressando-se por desordens funcionais de severas implicações clínicas.”

Dra. Cynthia De Carlo, cirurgiã-dentista

Os sintomas do bruxismo

É nesse ponto que o bruxismo e a cannabis começam a se unir. Isto porque um dos maiores sintomas desta doença é a dor, seja na cabeça, pescoço ou dentes. Além disso, a sensação de dentes soltos e, algumas vezes, até desgastados também pode indicar a presença da doença. Dependendo do grau, o bruxismo também pode levar a problemas que envolvam a articulação da mandíbula, como síndrome da articulação têmporo-mandibular (ATM).

Mas, como o bruxismo é um hábito inconsciente, poucas pessoas sabem que possuem a doença. Normalmente, ele é descoberto caso alguém ouça barulhos estranhos enquanto a pessoa dorme ou em alguma consulta de rotina ao dentista, quando detecta-se dentes desgastados ou com o esmalte rachado.

Como tratar

O tratamento, que deve ser feito através de um dentista, baseia-se na descoberta da causa da doença e na análise do grau dos danos causados ao paciente. Alguns especialistas indicam o uso de placa, que é moldada e ajustada aos dentes superiores e impede o atrito entre a arcada superior e inferior. No entanto, este dispositivo não promove a cura da doença. 

Uma outra forma de diminuir os sintomas do bruxismo é através do óleo de cannabis. Primeiramente porque o CBD pode ser um importante aliado para melhorar a qualidade do sono e diminuir a insônia, por exemplo. Por outro lado, a combinação de CBD e THC pode ter um efeito positivo no tratamento das dores ocasionadas pelo bruxismo. 

De qualquer forma, é imprescindível que o profissional realize um diagnóstico detalhado, tendo como base de pesquisa o antecedente pessoal, social e psiquiátrico do paciente, além de questionar se é feito o uso abusivo de alguma substância química.

De acordo com o Dr. Carlos Augusto Baptista, “a dose prescrita deve ser individual, tendo como objetivo prescrever uma dose mínima, garantindo um maior benefício clínico e o mínimo de efeitos colaterais, com o acompanhamento do especialista devendo ser rigoroso e com um intervalo menor de tempo no retorno do paciente para avaliação e ajuste da dosagem.”

Bruxismo é assunto da próxima Live Sechat

Na próxima terça-feira (14), a convidada da Live Sechat é a cirurgiã-dentista prescritora de cannabis Cynthia De Carlo, que também faz parte do quadro do CECMEDIC (Centro de Excelência Canabinoide) e é membro SBEC (Sociedade Brasileira de Estudos da Cannabis). Além do bruxismo, outros assuntos relacionados a odontologia e a cannabis serão abordados. Não perca! O bate-papo acontece no perfil do @sechat_oficial no Instagram às 19h. 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese