Fundadora do Dr Cannabis, Viviane Sedola conta a experiência com a vídeo-consulta

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Viviane Sedola: pretende expandir o serviço pelo Brasil (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira (às 19h), Viviane Sedola, fundadora do Dr Cannabis teve um encontro marcado no Instagram do Sechat. A empreendedora contou como a vídeo-consulta está ajudando aos pacientes que não tinham acesso aos médicos.

Ora por falta de dinheiro, ora por morarem distante de locais com médicos preparados para receitar a Cannabis medicinal, muitos brasileiros ficam sem saber a quem recorrer. Ainda são poucos os profissionais prescritores de medicações à base da planta no Brasil.

Desde o início a plataforma do Dr. Cannabis teve a meta de ser o endereço eletrônico onde os pacientes achassem médicos deste tipo. Agora com a pandemia, ao encontrá-lo lá– ou em outra plataforma parecida– , o paciente pode fazer a consulta sem sair de casa. Em outras palavras, alguém que mora em Manaus pode passar por um médico de São Paulo.

“Recebemos propostas de plataformas como a nossa do exterior interessados em parceria. No futuro poderemos ter médicos de outros países”, disse Sedola, na live desta quinta-feira (15). Antes disso ela pretende ampliar a rede no Brasil. “A meta é um médico por capital de estado”.

As consultas nem sempre são mais baratas. Elas variam de R$ 150 a R$ 1.200, na plataforma que inclui cinco clínicas. Por isso antes de marcar a consulta, veja se especialista escolhido está de acordo com o seu bolso.

O atendimento médico à distância foi aprovado em 22 abril devido ao Coronavírus. A princípio é uma ferramenta que vale apenas neste período de pandemia. Assim que a medida foi publicada no Diário Oficial, a Dr. Cannabis fechou acordo com clínicas em São Paulo e Rio de Janeiro. “Nossa intenção é expandir o serviço para que em toda capital brasileira tenha um médico que as pessoas possam recorrer. Saiba mais, daqui a pouco, no Instagram no Sechat. Assista a íntegra do bate-papo de Viviane Sedola com a jornalista Valéria França aqui.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese