Estudo sugere que 19 anos é idade mínima para consumir Cannabis

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

A idade legal mínima ideal para o uso não medicinal de maconha é de 19 anos, de acordo com um estudo publicado na BMC Public Health. Uma equipe de pesquisadores da Memorial University of Newfoundland, no Canadá, investigou como os canadenses que começaram a usar maconha em várias idades diferiram entre os resultados importantes (escolaridade, tabagismo, saúde geral e mental autorreferida) na vida adulta.


O Dr. Hai Nguyen, principal autor do estudo, disse: “Antes da legalização, a comunidade médica recomendava uma idade mínima legal de 21 ou 25 anos para o uso não medicinal de maconha no Canadá. Essa recomendação teve como base evidências científicas sobre os possíveis impactos adversos.

No entanto, os formuladores de políticas públicas temiam que uma idade legal mínima alta possa levar a grandes mercados clandestinos, com aqueles abaixo da idade legal continuando a usar Cannabis ilegalmente.

Em última análise, uma idade legal menor de 18 ou 19 anos foi decidida nas províncias. O debate para aumentar a idade legal para 21 anos continua. Para determinar se a idade em que as pessoas começam a usar maconha pode ter impacto nos resultados posteriores da vida, os autores analisaram dados das Pesquisas Canadenses de Monitoramento do Uso do Tabaco (CTUMS), representativas em nível nacional, e das Pesquisas Canadenses sobre Tabaco, Álcool e Drogas (CTADS), entre 2004 e 2015, que entrevistam anualmente cerca de 20.000 indivíduos a partir dos 15 anos.

Os autores encontraram diferentes idades legais mínimas ideais, dependendo do resultado do interesse. No caso do tabagismo, os entrevistados que consumiram maconha pela primeira vez entre 19 e 20 anos tiveram menor probabilidade de fumar mais tarde do que aqueles que usaram a maconha com 18 anos, mas nenhuma diferença significativa foi encontrada entre aqueles que começaram a usar maconha em idade mais avançada, indicando uma ótima idade legal de 19 anos.

O número de entrevistados que relataram um alto nível de escolaridade foi 16% maior entre os que usaram maconha entre 21 e 24 anos, em relação aos que usaram antes dos 18 anos, sugerindo uma idade legal mínima ideal de 21 anos.

A saúde geral foi significativamente melhor entre aqueles que começaram a usar maconha aos 18 anos, em relação aos que começaram antes dos 18 anos, mas nenhuma diferença significativa foi encontrada entre aqueles que começaram com idade mais avançada, sugerindo uma idade legal mínima de 18 anos.

No entanto, a saúde mental os resultados foram maiores entre aqueles que usaram maconha com idade entre 19 e 20 anos do que antes dos 18 anos, sugerindo uma idade mínima legal de 19 anos.

O médico Nguyen disse: “O nível mais baixo de educação concluída, relatado naqueles que primeiro usaram Cannabis em idade mais precoce, pode refletir um desenvolvimento neurológico deficiente ou uma maior taxa de abandono escolar”.

“Nossos resultados indicam que, ao contrário da recomendação do governo federal canadense de 18 e do apoio da comunidade médica para 21 ou 25, 19 é a idade legal mínima ideal para o uso não medicinal de Cannabis. Manter a idade legal abaixo de 21 anos pode encontrar um equilíbrio entre aumentos potenciais nos mercados irregulares e o uso ilegal e evitar os resultados adversos associados ao início do uso de maconha em idade precoce”, Nguyen.

Os autores alertam que, como o estudo utilizou dados de relatos pessoais, os entrevistados podem não ter recordado com precisão a idade em que usaram Cannabis pela primeira vez.

Os dados também foram coletados antes da legalização da maconha não medicinal no Canadá e os autores não foram capazes de prever o impacto do uso da maconha após a legalização.

Eles sugerem que mais pesquisas são necessárias para estabelecer possíveis efeitos causais entre a idade em que a maconha é usada pela primeira vez e os resultados medidos no estudo, e também podem se concentrar em resultados adicionais, como comportamentos de direção e uso de drogas nas ruas.

Leia a matéria orginal aqui.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese