Fim das dúvidas: Veja perguntas e respostas sobre CBD

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Por Caroline Apple

Com a regulamentação da Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária) que permite a venda de produtos à base de Cannabis nas farmácias a partir de março, mais dúvidas devem surgir entre pacientes e futuros consumidores sobre seu uso, aplicação, eficácia e efeitos colaterais, além dos mitos que permeiam esse assunto.

Entre os canabinoides mais comentados e estudados está o CBD, o canabidiol, presente em todas as plantas de maconha, e que tem sido amplamente usado de forma terapeutica, seja isolado ou “misturado” com THC ou outros canabinoides, no tratamento de diversas patologias.

Para tirar algumas das principais dúvidas sobre essa substância, o diretor científico do Sechat, o neurocirurgião Pedro Pierro, respondeu 18 questões levantadas pela equipe de redação do portal.

Afinal de contas o que é CBD? Ele deixa chapado? Tem efeito colateral?Confira.

Desmistificando o CBD

1) O que é CBD? O que significa a sigla?

R: CBD é a sigla de canabidiol. Canabidiol é um fitocanabinoide, um composto químico presente em algumas plantas como a da Cannabis, que interage com um tipo específico de receptor presente em nosso corpo. Os receptores CB. Na planta da Cannabis existe em torno de 100 fitocanabinoides.

2) CBD deixa chapado?

R: O CBD não apresenta efeitos psicoativos, mas pode deixar mais calmo e menos ansioso.

3) Para o que serve o CBD?

R: O CBD tem diversas funções, que renderia um livro, mas podemos dizer que suas maiores indicações são para controle de crises epilépticas, ansiedade, dor e sintomas de doenças como Mal de Parkinson, Alzheimer, esclerose múltipla, enxaqueca, doenças inflamatórias intestinais,agressividade e hiperatividade, inclusive as presentes no espectro autista, entre muitas outras.

4) Qual a diferença entre CBD, THC, CBO?

R: A principal diferença é que o THC tem efeitos psicoativos e o canabidiol não.

5) Todo óleo de CBD tem THC?

R: Existem óleos com CBD isolado, temos óleos com CBD e THC e temos óleo full spectrum, com todos os canabinoides. Agora começa a surgir óleos com outros canabinoides isolados, como o caso CBG.

6) Como extrair o CBD?

R: Existem varios métodos de extração dos canabinoides. Os artesanais com álcool ou gelo seco ou métodos mais elaborados para separar isoladamente os canabinoides, como a cromatografia, um processo de separação e identificação de componentes de uma mistura.

7) O CBD pode ser feito de qualquer cepa?

R: Existem cepas com mais ou menos CBD, mas desconheço uma planta da espécie da Cannabis que não contenha CBD.

8) Por que ouvimos falar mais sobre o CBD do que sobre outros canabinoides na hora do uso terapêutico?

R: O CBD não tem efeitos colaterais, tem uma segurança de prescrição maior e, por isso, encontra menos oposição, além de ter um papel terapêutico em diversas doenças.

9) O CBD gera dependência química?

R: Não. O CBD não gera dependência psíquica.

10) O CBD é proibido no Brasil?

R: A substância não é proibida. Existe um controle de prescrição, mas não uma proibição.

11) Quais são as reações a longo prazo pelo uso do CBD?

R: Ela pode provocar uma certa tolerância e a necessidade de aumentos da dosagem. Em um determinado momento, é necessário uma redução brusca para retornar o efeito com doses menores.

12) Quais os efeitos colaterais do CBD?

Os efeitos colaterais, geralmente, ocorrem no início do tratamento e são dose dependentes. Isso quer dizer que reduzindo inicialmente a dose, esses efeitos desaparecem. Entre esses possíveis efeitos colaterais estão: alteração no trânsito intestinal (constipação ou diarreia), sonolência, inquietação, insônia, mudança de apetite. Vale ressaltar que o veículo utilizado para diluição dos canabinoides (óleos de glicerina, azeite, entre outros) pode ser o causador dos efeitos colaterais. Na maioria das vezes, a culpa não é do CBD.

13) O CBD pode ser utilizado em animais?

R: Sim. O sistema endocanabinoide está presente em todos os mamíferos.

14) Quais as formas para consumir o CBD?

Em formas de óleo, spray, comprimidos e uso tópico. Em alguns países são permitidos em forma de balas, vaporizados, supositórios, sais para banho entre muitos outros produtos.

15) Por que o CBD é visto como medicamento no Brasil e como suplemento alimentar em outros países?

R: Na verdade, embora ele será vendido em farmácias, prescritos por médicos e com receitas controladas, também não pode ser chamado de medicamentos e sim de produtos.

16) Quando o CBD não é indicado?

R: Somente quando não tem resposta terapêutica.

17) Onde eu consigo comprar no Brasil?

R: No momento, somente através de importadoras. A partir de março será vendido em algumas farmácias. Sempre com prescrição médica.

18) Só posso comprar CBD com receita? Que receita é essa?

R: Sim. Pelas importadoras, a branca simples. Nas farmácias, quando estiver disponível. Até 0,2% de THC, com receita do tipo B1, e acima de 0,2%, receita do tipo A.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese