Exportação: Portugal atinge a marca 26 toneladas de Cannabis para uso medicinal

Os dados divulgados pela Infarmed consideram o período desde 2019. O crescimento foi de 1200%

Publicada em 05/02/2024

capa
Compartilhe:

Portugal se destaca no mercado global de cannabis. O país já exportou cerca 26 toneladas da planta desde a legalização de seu uso medicinal em 2019. De acordo com dados do Infarmed, a autoridade reguladora portuguesa, isso representa um aumento de mais de 1200%.

Apenas em 2022, último ano com dados completos, Portugal exportou 9,2 toneladas de cannabis, marcando um aumento notável em relação aos 709 quilos enviados no ano inaugural da legalização, em 2019. Esse aumento é atribuído à implementação da lei em 1º de fevereiro de 2019.

 

Cannabis

 

O Infarmed informou que está atualmente avaliando três pedidos de autorização para a comercialização de três substâncias e 12 preparações à base de cannabis. Isso reflete uma abordagem proativa diante do cenário em evolução da cannabis medicinal, destacando a importância de uma avaliação rigorosa e conformidade com padrões regulatórios.

O crescimento exponencial nas exportações de cannabis posiciona Portugal como um contribuinte-chave para o mercado global de cannabis medicinal. Essa evolução não apenas sinaliza potencial econômico, mas também destaca o compromisso do país em promover avanços nos setores farmacêutico e médico.