Como a Cannabis pode ajudá-lo a lidar com a insônia durante a pandemia

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Traduzido do site The Fresh Toast

O sono é facilmente interrompido pelo estado de nossa saúde mental. Faz sentido, então, que as pessoas relatem problemas crescentes com seus hábitos de sono, tendo sonhos mais vívidos, menos sono repousante e mais insônia nos últimos dois meses.

As pessoas geralmente lutam com seus hábitos de sono. De acordo com Donn Posner, presidente da Sleepwell Associates, professor associado clínico adjunto da Faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, cerca de 35% das pessoas lutam com crises recorrentes de insônia. 

Agora que as pessoas estão enfrentando os perigos à saúde, à economia e às pressões sociais de distanciamento, a situação atual do mundo é uma receita perfeita para os distúrbios do sono.

No que diz respeito aos profissionais de saúde, estatísticas recentes mostram que a pandemia afetou dramaticamente o sono e a saúde. 

Uma pesquisa realizada pela Sleep Standards descobriu que, em média, os profissionais de saúde dormem 5 horas por noite. Quarenta e um por cento deles experimentam insônia, 27% estão lidando com pesadelos e apenas 21% deles não relatam problemas de sono.

A maconha poderia ajudar a controlar esses sintomas de insônia? Estudos e evidências anedóticas sugerem que sim.

Um estudo recente da Universidade da Austrália Ocidental descobriu que a maconha poderia fornecer um tratamento eficaz para aqueles que sofrem de insônia aguda, especificamente quando o tipo de Cannabis consumido é composto de uma mistura de THC e CBD. Os pacientes tratados com esse tipo de Cannabis relataram dormir por mais horas, adormecer mais rapidamente e voltar a dormir com mais facilidade depois de acordar no meio da noite.

“Este estudo representa o ensaio clínico mais rigoroso já realizado para avaliar o potencial terapêutico da Cannabis medicinal para tratar os sintomas da insônia crônica”, disse o pesquisador Peter Eastwood em comunicado. “O fato de o tratamento com ZLT-101 ter alcançado melhorias estatisticamente significativas e responsivas à dose em uma ampla gama de índices importantes de insônia é impressionante, principalmente devido à relativamente curta janela de administração de duas semanas”.

O sono é facilmente influenciado pelo seu estilo de vida e também é um dos maiores influenciadores do seu humor geral. Isso é estressante, já que dormir mal significa que você ficará mal-humorado e terá maiores chances de ficar doente. Mas, de uma maneira mais positiva, mudando certos hábitos, você também pode influenciar a maneira como dorme.

Em vez de se forçar a dormir quando seu corpo não quer desligar, comece implementando alguns hábitos fáceis. Limite a quantidade de tempo de tela que você tem e tente manter uma programação regular, exercitando-se algumas vezes por semana e comendo da maneira mais saudável possível. Tome uma ou duas doses de Cannabis antes de dormir e veja como seu corpo responde. Você pode se surpreender de um jeito bom.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese