Evento mostra que geração X está à frente de startups da Cannabis medicinal

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Claudia Amaral, da startup Remedin: 20 anos de experiência corporativa (Foto: Valéria França)

Em geral, quando se fala em startups, imagina-se uma empresa gerida por jovens inexperientes, de tênis e bermuda, em escritórios com pufes e mesas de pingue-pongue. Na área de Cannabis medicinal, porém, isso não reflete a maioria dessas empresas. O que se vê muito nesse mercado são experientes empreendedores que migraram de outras áreas para desbravar esta nova economia no Brasil.

Uma boa prova disso foi o evento da The Green Hub, acelerado do mercado de Cannabis, realizado nesta terça-feira (10). Chamado de Demo Day, é uma apresentação especial para os investidores, depois de uma criteriosa análise sobre plano o plano de negócio, o time envolvido e o diferencial da startup. A maioria dos CEOs dessas novas empresas era sêniores.

Claudia Amaral, por exemplo, com 20 anos de vida corporativa, apresentou o Remedin, um aplicativo com geolocalização, que acha a farmácia com o medicamento procurado e ainda promete a entrega em 15 minutos. Com duas décadas de experiência profissional em Recursos Humanos, Financeira e Administrativa, Bruno Scott abriu recentemente a TRIA, um aplicativo que promete trazer para o celular de forma organizada os exames de saúde.

Apresentaram-se 15 empresas. Cada uma teve 15 minutos para explicar e vender o próprio negócio aos investidores presentes. Além dos anônimos, que não se identificaram publicamente, empresas grandes como a Johnson & Johnson e Copa D’Or.  Havia negócios de todos os tipos, de financeiro a rastreador de sementes, de diversas partes do país. Rio de Janeiro, Paraíba e São Paulo são alguns estados de origem dessas empresas.

Alex Lucena : "Agora começa o processo de aceleração" (Foto: Valéria França)

“Recebemos mais de uma centena de empresas. Pelo menos 25 empresas estava bem construídas”, disse Alex Lucena, diretor da The Green Hub. “Mas tivemos que restringir em 15 participantes. Agora começa o processo de aceleração.”

Aceleradora na Medical Cannabis Fair

A The Green Hub é o último palestrante a se apresentar na Medical Cannabis Fair, no mês de maio, megaevento promovido pelo Sechat. O evento acontece os dias 5 a 8 de maio de 2020. A Medical Cannabis Fair acontece simultaneamente com a Medical Fair Brasil, a versão nacional da Medica, que é realizada há 50 anos em Düsseldorf, na Alemanha. O evento será realizado no Expo Center Norte, em São Paulo. Os interessados pode se inscrever por aqui.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES
ASSINE NOSSA NEWSLETTER