Governo Biden realiza a primeira reunião com a indústria do cânhamo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
A transição presidencial está impactando as regras e políticas pendentes do antigo governo Trump - incluindo aquelas relacionadas ao cânhamo e à CBD (Foto: Reprodução/White House)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de Marijuana Moment (Kyle Jaeger)

Representantes do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) do novo governo Biden realizaram sua primeira reunião com as partes interessadas da indústria do cânhamo na semana passada para aprender sobre as necessidades do mercado.

Durante a reunião, o presidente do conselho do National Industrial Hemp Council (NIHC), Patrick Atagi, conversou, sobretudo, com o secretário em exercício da Agricultura, Kevin Shea. A conversa foi sobre as principais áreas de interesse para as empresas de cânhamo, especialmente no que se refere a laboratórios de teste e certificação.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Eles também cobriram questões como, por exemplo, a aplicação de regulamentações, um programa de verificação de cannabis que está em andamento, padrões comerciais e aumento da pesquisa e desenvolvimento para a cultura.

Atagi disse ao Marijuana Moment que o objetivo principal da reunião era “apenas garantir que o USDA esteja trabalhando nas questões do cânhamo atualmente. O que está acontecendo, mas também temos novos políticos – alguns que conhecem a indústria do cânhamo e outros que não gostam.”

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

A princípio, a palestra “correu extremamente bem”, disse Atagi. Ele foi nomeado pelo USDA e pelo Representante de Comércio dos EUA (USTR) no mês passado para servir em um comitê consultivo de comércio federal. Além disso, ele acrescentou que a reunião foi feita para garantir que a agência esteja a par do processo de confirmação da escolha de Biden para o secretário de agricultura, Tom Vilsack.

“Há muito trabalho a ser feito”, disse Atagi. “Mas o USDA reconhece isso e está trazendo pessoas como nós, que conhecem a agência, conhecem os regulamentos. Sabemos estão os solavancos nas áreas de política de preocupação para trabalhar com eles.”

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Empresas de cânhamo se preparam para regulamentação que entrará em vigor em março

Enquanto isso, as empresas de cânhamo estão se preparando para a implementação da regra final do USDA sobre o cânhamo, lançada no mês passado. Essas regulamentações entrarão em vigor em 22 de março.

As partes interessadas da indústria dizem que a regra é um passo positivo que fornecerá às empresas a orientação necessária. Entretanto, também apontaram uma série de políticas que esperam revisar à medida que o mercado amadurece, como os requisitos de teste de cânhamo do USDA.

Esta reunião inicial com o NIHC demonstra ainda mais o compromisso da agência em levar o feedback em consideração enquanto segue em frente com a implementação de seus regulamentos.

>>> Sechat divulga gratuitamente serviços de 118 médicos prescritores de Cannabis Medicinal

Enquanto isso, a transição presidencial está impactando as regras e políticas pendentes do antigo governo Trump – incluindo aquelas relacionadas ao cânhamo e à CBD.

Entretanto, a Food and Drug Administration (FDA) retirou no mês passado o projeto de orientação sobre a aplicação do CBD. A princípio, ela havia sido submetido à revisão da Casa Branca sob Trump no ano passado. Há poucos detalhes sobre o que a proposta incluía, mas esperava-se que desse à indústria uma melhor compreensão da perspectiva federal quando se trata de comercializar produtos de cannabis.

Confira outros conteúdos sobre o mercado do cânhamo publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese