Mulheres usariam cannabis para tratar problemas ginecológicos, revela estudo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Os autores teorizam que a disposição em aderir ao uso de cannabis pode ser influenciada pela segurança relativa associada ao uso da planta (Foto: Andrea Piacquadio/Pexels)

Publicado no Journal of Women’s Health, um novo estudo mostra que as mulheres têm um histórico de uso de cannabis para lidar com dores pélvicas crônicas, cólicas menstruais e dores associadas ao câncer ginecológico. “Uma proporção maior de mulheres que relataram usar cannabis estava disposta a usar cannabis para tratar condições comumente vistas em práticas ginecológicas em comparação com nunca usuários (91,6% contra 64,6%),” relata o doutor Leo Han, um dos coordenadores do estudo.

Os autores teorizam que a abertura à ideia do uso de cannabis pode ser influenciada pela segurança relativa associada ao uso da planta e aos efeitos colaterais negativos que são comuns ao uso de opioides para o controle da dor. É importante observar que condições como a endometriose são extremamente difíceis de diagnosticar e tratar, resultando em mais e mais mulheres dispostas a tentar métodos alternativos de tratamento.

>>> Sechat oferece serviço gratuito para pacientes e médicos prescritores de Cannabis medicinal

De acordo com a editora-chefe do Journal of Women’s Health, a doutora Susan Kornstein, o estudo descobriu que “uma grande proporção das mulheres que nunca usaram cannabis estavam dispostas a experimentá-la para tratar a dor ginecológica. Menos, mas ainda uma porcentagem substancial, usaria para dor durante o procedimento ou outras condições ginecológicas.”

Embora a aceitação médica da cannabis ainda tenha um longo caminho a percorrer, o uso dos derivados da planta para o tratamento da menopausa e da dor menstrual se tornou mais comum ao longo dos anos. De acordo com dados apresentados à Sociedade Norte-Americana de Menopausa em setembro, uma em cada três mulheres na menopausa usa cannabis para tratar seus sintomas.

>>> Moléculas modificadas de CBD podem ajudar na luta contra doenças de pele

Os produtos de cannabis para o tratamento de dores menstruais e aumento da excitação sexual cresceram rapidamente em um mercado lucrativo, incluindo produtos de banho, absorventes internos de cannabis, lubrificantes e muito mais.

Fonte: Maria Loreto/The GrowthOp

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese