O cânhamo pode ser o material de isolamento sustentável do futuro?

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
O Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) está patrocinando um projeto para desenvolver um isolamento de fibra de cânhamo projetado para ser melhor para o meio ambiente e a saúde pública do que as preparações convencionais. (Foto: Getty Images)

Edição e curadoria Sechat, informações de Canex

No ano passado, o governo do Reino Unido anunciou seu esquema de “Casas Verdes”, para contribuir com a missão da nação de se tornar neutra em emissão de carbono até 2030. Na época, muita gente questionou como o cânhamo poderia desempenhar um papel na proteção à sustentabilidade das casas. Agora, o Departamento de Energia dos Estados Unidos (DOE) está patrocinando um projeto para desenvolver produtos de isolamento de fibra de cânhamo que são projetados com o meio ambiente e a saúde pública em mente.

De acordo com o portal de notícias Marijuana Moment, a agência concedeu a Tommy Gibbons, o COO da Hempitecture – um fabricante de isolamento de cânhamo com sede em Idaho – uma remuneração anual de US$ 90.000 e até US$ 200.000 para apoiar a pesquisa de seu produto de isolamento.

O DOE está particularmente interessado no produto HempWool® da empresa – um material de base biológica feito de 92% de fibra de cânhamo, projetado como uma alternativa ambientalmente sustentável e não tóxica às opções de isolamento tradicionais.

O produto HempWool® da Hempitecture é descrito como “o material de isolamento mais sustentável e de alto desempenho do planeta”.

O COO da Hempitecture, Tommy Gibbons, disse ao HempBuildMag:

O Departamento de Energia está interessado no potencial de descarbonização do isolamento e de outros materiais de construção feitos de fibras de cânhamo.

Tommy Gibbons

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Com a ajuda do patrocínio do DOE, Hempitecture “planeja realizar pesquisas e testes em novas misturas proprietárias de seu material de isolamento para melhorar seu valor de isolamento e resistência ao fogo” e “fabricação de isolamento em terra usando resíduos de cânhamo industrial de fazendeiros americanos”, de acordo com uma descrição do projeto apoiado pelo DOE .

A descrição continua: “Uma ênfase em materiais de construção saudáveis ​​e de baixo carbono desencadeou uma busca por soluções dos consumidores e do governo para reconstruir uma infraestrutura melhor e reduzir a pegada massiva do ambiente construído.”

Uma tendência de utilização de cânhamo para construção

O projeto faz parte do programa Innovation Crossroads do DOE, desenvolvido como forma de contribuir para o cumprimento da meta de expansão do uso de energia limpa e redução das emissões de carbono, definida pelo governo Biden.

A Hempitecture é também fabricante de Hempcrete – um material de construção à base de cânhamo, amigo do ambiente e à prova de fogo. Apresentado como uma alternativa mais ecológica e sustentável ao concreto, o Hempcrete é cada vez mais considerado uma ferramenta para melhorar a pegada de carbono da indústria da construção .

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Este último movimento do Departamento de Energia dos EUA parece estar apoiando o que muitos vêm dizendo há anos: o cânhamo pode oferecer uma alternativa sustentável para muitos produtos, bem como um investimento sólido.

Isso é apoiado pela ação da Agência de Proteção Ambiental (EPA), que em abril anunciou uma doação de US$ 100.000 para a Earth Merchant, com sede em Washington, para apoiar o desenvolvimento de tijolos à base de cânhamo como uma alternativa aos blocos de concreto.

No Reino Unido, a empresa de materiais de construção de cânhamo, UK Hempcrete , também está fabricando produtos de concreto de cânhamo em substituição às opções tradicionais de concreto.

Mais do que ser neutro em carbono, as evidências mostram que o cânhamo e outros materiais de construção à base de cânhamo, como Hempitecture’s HempWool®, absorvem realmente CO2 .

Em vídeo feito para a TRUIC, o CEO da Hempitecture, Matthew Mead, fala um pouco mais sobre seus projetos e como sua criação pode ser uma alternativa sustentável para o futuro.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Para assistir o vídeo legendado, vá na opção “Detalhes”, “Legendas”, “Traduzir automaticamente” e escolha a opção “Português”.

Confira outros conteúdos sobre cânhamo publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese