“O tempo que leva para os compostos da cannabis saírem do organismo, varia de acordo com o Sistema Endocanabinoide de cada pessoa”, explica Dr. Jimmy Fardin

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Imagem: Arquivo/Sechat)

Por João R. Negromonte

Na live de ontem (05), que aconteceu no nosso canal do Instagram (@sechat_oficial), o médico especialista em medicina esportiva e prescritor de cannabis, Dr. Jimmy Fardin, falou sobre como a terapia canabinoide pode auxiliar atletas de todos os estilos e tipos, além de responder diversas questões da nossa audiência. 

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Uma das perguntas feitas por um internauta, foi sobre o tempo que leva para os compostos da cannabis deixarem o organismo. Em resposta, o médico destacou que tudo dependerá da velocidade em que o Sistema Endocanabinoide (SEC) vai metabolizar essas substâncias.

“É uma pergunta recorrente, mas difícil de responder sem um teste genético em mãos, que me mostrará o quão rápido, intermediário ou lento, é a metabolização dos canabinoides pelo seu SEC”, conta Fardin. 

 O ortopedista, que já participou de uma olimpíada e uma paralimpíada como médico, destacou também a eficácia dos canabinoides quando usados pré ou pós treinos de práticas físicas:

“Primeiro é preciso saber qual tipo de exercício a pessoa está fazendo, se é anaeróbico, isométrico, aeróbico, calistenia, endurance… Então existem algumas variáveis. Depois de definir isso, precisamos determinar qual o melhor canabinoide se encaixa no que pretende fazer. Contudo, recomendo o canabidiol (CBD), como terapia preventiva, isto é, ele ajuda a evitar uma série de lesões decorrentes de atividades físicas de grande impacto, por exemplo, uma corrida de 100 metros rasos”. 

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

O médico falou também sobre os benefícios da terapia canábica para o tratamento de cãibras e espasmos musculares, como ela pode auxiliar na performance de atletas, se é aconselhável, ou não, misturar os derivados da planta com suplementos alimentares e se a os benefícios da cannabis estão ligados à idade. 

Por isso, caso ainda não tenha assistido a live que foi ao ar nesta terça (31), às 19h, pelo nosso canal do Instagram (@sechat_ofical), não perca a oportunidade. 

Confira:

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese