Ucrânia avança para descobrir o futuro da cannabis medicinal

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Devido à falta de conhecimento e aceitação da cannabis na Ucrânia, existem algumas propostas conflitantes no Parlamento que traçariam um mapa para a legalização para uso medicinal (Foto: Alexandr Podvalny/Pexels)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de High Times (Addison Herron-Wheeler)

No ano passado, a Ucrânia fez circular uma pesquisa, apoiada por seu presidente, que mostrou que a maioria das pessoas do país atualmente apoia o uso da cannabis para fins medicinais. Agora, também, a maioria dos políticos está apoiando a cannabis legal. Esperançosamente, isso pode levar a uma nova indústria que poderia fornecer um grande impulso para a economia ucraniana. No entanto, o primeiro passo antes que isso aconteça é o país descobrir como deseja que esse setor seja. 

Este será um grande passo para a Ucrânia, pois atualmente o THC é uma substância de Classe I, assim como nos EUA. Além disso, o cânhamo e o CBD não são classificados, mas podem conter até 0,08% de THC, uma quantidade muito pequena que restringe o potencial de mercado. Tanto o uso adulto quanto o médico são estritamente proibidos. 

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Devido à falta de conhecimento e aceitação da cannabis na Ucrânia, existem algumas propostas diferentes no Parlamento. Elas traçariam um mapa para a legalização médica se ela for aprovada neste ano. No total, quatro projetos de lei foram apresentados, cada um diferente do outro. No entanto, todos são focados em estabelecer um plano para a legalização da cannabis medicinal. 

Planos para cannabis na Ucrânia

A primeira proposta permitiria o cultivo local de cannabis para uso médico, bem como abrir o mercado para as importações. Este foco no crescimento se inclina para os talentos existentes da Ucrânia, já que o país é conhecido por sua agricultura. Também daria autonomia aos pacientes e às empresas locais para desenvolver a indústria literalmente do zero.  

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Outro plano olha mais para o investimento estrangeiro. Já que, atualmente, não há barreiras para um investidor estrangeiro que queira entrar e se envolver na indústria. Embora isso possa não ser o melhor para promover o comércio local, pode ter grandes implicações em termos dos medicamentos, que podem ser importados e ganhar atenção da indústria internacional. 

A próxima proposta regularia a indústria de modo que apenas produtos de cannabis com baixo THC fossem permitidos. Isso poderia ser bom em termos de vender o conceito para aqueles que são céticos sobre a cannabis e pensam que produtos com alto teor de THC podem ser facilmente abusados. Mas seria limitante em termos dos tipos de medicamentos disponíveis e dos produtos permitidos no mercado. 

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Por enquanto, o país está apenas esperando. Isso pois a legislação será analisada, debatida e votada no parlamento, para que, então, as decisões sejam tomadas e os políticos decidam quais planos avançam e quais não. As coisas ainda estão nos estágios iniciais. 

Enquanto o país prende a respiração e aguarda a legalização, os interessados ​​em se envolver com a cannabis medicinal no país são incentivados a monitorar esses desenvolvimentos e, se possível, ver se conseguem entrar na conversa. Se qualquer forma de cannabis medicinal for aprovada na Ucrânia, haverá um futuro brilhante e empolgante para os pacientes e aqueles que procuram entrar na nova indústria.

Confira outros conteúdos sobre a cannabis no mundo publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese