Últimos dias para inscrições no curso gratuito sobre o uso medicinal da cannabis

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Proposta do curso nasceu durante os cursos sobre saúde preventiva da Escola da Cidadania na paróquia de São Miguel Paulista, na Zona Leste de São Paulo, onde Padre Ticão (D) foi líder religioso e comunitário durante 42 anos; ele faleceu no dia 1º de janeiro (Foto: Arquivo pessoal/Gabrielle Dainezi)

Por Sechat Conteúdo

Está chegando ao final o prazo para a realização das inscrições do curso de Cannabis Medicinal. A formação é oferecida pela Unifesp em parceria com o Movimento pela Regulamentação da Cannabis Medicinal (Movrecam), que era liderado pelo falecido Padre Ticão. A data limite é 28 de fevereiro.

Para se inscrever no curso, clique aqui.

Atenção: a coordenação do curso pede para que as pessoas que já se inscreveram, não repitam a inscrição. Se assim o fizerem, irão tirar as vagas de outras pessoas.

Esse é o terceiro lote de vagas. As inscrições para o curso se iniciaram na segunda quinzena de dezembro, com cinco mil vagas disponíveis que foram preenchidas em menos de 30 dias. Em seguida, ainda na primeira quinzena de janeiro foram abertas outras 5 mil vagas que se esgotaram em menos de 15 dias de inscrição. Agora, são oferecidas mais dez mil vagas neste novo lote. Ao todo, o curso deverá receber, pelo menos, 20 mil inscritos.

As aulas acontecerão às terças-feiras, entre 2 de março a 29 de junho. Segundo a Unifesp, para participar de todas as atividades e receber o certificado oferecido ao final do curso, é necessário realizar a inscrição. Contudo, no caso do interesse for apenas no acesso ao conteúdo, as palestras serão abertas ao público, não sendo necessária inscrição prévia.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Curso gratuito sobre uso medicinal da cannabis terá duração de 50 horas

A formação está estruturada em parte teórica e prática, sendo 36 e 14 horas de cada modalidade, respectivamente. Os públicos-alvos são pacientes de Cannabis Medicinal e familiares, alunos de graduação e pós-graduação e profissionais da Atenção Básica de Saúde, além de lideranças comunitárias e usuários do serviço de saúde. É necessário ser maior de 18 anos para poder participar.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Segundo a universidade, o objetivo do curso é “difundir conhecimento sobre a planta e os possíveis medicamentos e tratamentos que ela pode oferecer, quebrando preconceitos e ampliando o debate sobre a liberação e regulamentação em curso nas esferas legislativas, além de ampliar o acesso ao tratamento para pacientes, de forma democrática e acessível.”

O crescimento exponencial do número de inscritos

Por conta da pandemia, entretanto, as aulas passaram a ser on-line desde março de 2020, quando foi realizada a terceira edição do curso. Para Gabrielle, a transformação do curso em on-line foi o que possibilitou que ele crescesse, uma vez que a participação de pessoas de fora de São Paulo – e, até mesmo, de fora do país -, passou a ser possível.

Anteriormente, na primeira edição do curso, realizado em 2019, o número de inscritos chegou a 300. Em seguida, na segunda, 700, na terceira, 1.200, na quarta, 5.500 e, nesta edição, já foram preenchidas 9 mil das 10 mil vagas disponíveis. 

Gabrielle afirma que o aumento notável do interesse das pessoas em relação à Cannabis Medicinal se deve a dois aspectos: um maior debate do tema, com a imprensa especializada, e a quebra de preconceito. “Eu acho que um pouco se deve a essa quebra de preconceito, o que era muito trabalhado pelo Padre Ticão, e por vários movimentos. A gente começa a debater o assunto em várias esferas, em vários lugares, mais e mais pessoas vão tendo a oportunidade de conhecer (sobre o uso medicinal da cannabis) e quebrar o preconceito que levavam com elas a vida inteira.” 

Confira o Conteúdo Programático

Contextualização: história e cultura

História da Cannabis

Cultura e Religiosidade

Saúde e Cidadania

Cannabis Sativa e o Sistema Único de Saúde (SUS)

Mercado Canábico Mundial

Pesquisa cientifica e acadêmica / Conflito de interesses

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Biológico: fitoterapia, anatomia, botânica

Sistema Endocanabinoide

Aplicações Clínicas da Cannabis Medicinal

Cannabis e Sistema Imunológico

Sistema Endocanabinóide e o Sistema Nervoso Central

O uso da Cannabis Medicinal na veterinária

Cepas da Cannabis Medicinal

Patologia: relacionado a doenças específicas

Uso de óleo de Cannabis para Autismo

Cannabis Medicinal e Dor (Analgesia)

Doenças mentais e psiquiatras e a Cannabis Sativa

Epilepsia e Cannabis Medicinal

Cannabis e Alzheimer

Cannabis e Câncer 

>> Sechat confirma para 2021 o maior evento sobre Cannabis Medicinal no Brasil

Prático: formação de associação, extração e plantio

Desmistificando o plantio de Cannabis Medicinal

Cultivo Orgânico

Fitoterapia, métodos de extração e produtos medicinais

Apresentações medicamentosas

Associativismo

Legal: Aspectos do direito para pacientes e associações e mecanismos políticos para a busca de direitos

Cannabis, política e legislação

Acesso legal a Cannabis Medicinal no Brasil

Direitos relacionados a saúde pública

Política de drogas no Brasil

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese