Frente para estimular uso da cannabis medicinal e do cânhamo industrial é instalada em Pernambuco

União de esforços para ampliar o acesso à cannabis medicinal e explorar o potencial do cânhamo industrial

Publicada em 23/02/2024

capa
Compartilhe:

A Frente Parlamentar da Cannabis Medicinal e do Cânhamo Industrial, recém-instalada na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), delineou sua missão em uma reunião na última quinta-feira (22). Sob a liderança do deputado João Paulo, do PT, o colegiado delineou seus objetivos cruciais, traçando um caminho em direção à facilitação do acesso aos medicamentos derivados da cannabis.

A meta central da frente é assegurar que os medicamentos à base de cannabis se tornem mais acessíveis à população necessitada. O deputado João Paulo enfatizou a importância não apenas de garantir o acesso, mas também de promover o desenvolvimento social e regional através dessa iniciativa, destacando a necessidade premente de distribuição pelo SUS.

O combate ao estigma em torno do uso medicinal da cannabis foi enfatizado também pela deputada Rosa Amorim (PT), enquanto Socorro Pimentel, do União, apontou para a riqueza de estudos que atestam a eficácia dos tratamentos com cannabis. Além disso, a frente está comprometida em apoiar a pesquisa científica sobre o tema e explorar o potencial do cânhamo industrial em setores como têxtil e papel.

O cronograma de atividades do colegiado inclui uma série de encontros com diversas partes interessadas, desde associações autorizadas a produzir óleo de canabidiol até universidades e institutos de pesquisa. A presença de representantes do Ministério Público, da Defensoria Pública e da Ordem dos Advogados do Brasil em todas essas reuniões garantirá uma abordagem ampla e inclusiva na elaboração do relatório final.

O deputado Luciano Duque, do Solidariedade, ressaltou a importância de uma legislação abrangente para sustentar essa política, enquanto a inclusão das comunidades indígenas e quilombolas na produção de cannabis medicinal também está em pauta.

Esta frente parlamentar, composta por diversos representantes partidários, está determinada a trilhar um caminho que não apenas promova a saúde pública, mas também explore o potencial econômico e social da cannabis medicinal e do cânhamo industrial em Pernambuco.