4 marcas brasileiras de moda que usam cânhamo em suas peças

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
O cânhamo ganhou, inclusive, espaço na moda pet (Crédito: Instagram @weedog)

Por Jacqueline Passos

O termo cânhamo muitas vezes é usado erroneamente como sinônimo para a palavra cannabis, mas antes de mais nada, é importante saber que são termos diferentes. Tanto o cânhamo quanto a cannabis (ou maconha) são plantas da espécie Cannabis Sativa. Porém, são variedades e cultivos distintos e usados para finalidades diferentes. Além disso, a grande diferença entre essas duas espécies é a quantidade de tetrahidrocanadibiol (THC), o princípio ativo que provoca efeitos psicoativos. Na planta de cânhamo, a fração de THC é muito pequena, chegando a no máximo 0,3%.
O cânhamo pode ser usado em bebidas, cremes, sapatos, cordas, óleos, sabão, cimento, papel, farinha, combustível, bateria e até carro. Mas uma aplicação que está se tornando cada vez mais comum para ele é a indústria têxtil. Cada vez mais o mercado da moda está sendo atraído por essa planta por conta dos seus benefícios:

>>> Siga o Sechat no INSTAGRAM

* Menos consumo de água: plantio do cânhamo usa 75% menos água em comparação com o algodão;

* Mais sustentabilidade no campo: a planta de cânhamo é resistente a pragas, usa menos agrotóxicos, faz um uso menos intensivo do solo e, em comparação com o algodão, atinge o dobro de produtividade por área plantada;

* Maior proteção contra os raios ultravioleta que causam o câncer de pele;

* Mais resistente ao sol;

* Alta resistência: a fibra de cânhamo é cinco vezes mais resistente do que a de algodão;

* Maior durabilidade;

* Mais absorção no processo de tingimento da fibra.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

No entanto, a legislação brasileira ainda não permite o cultivo de cânhamo no país. Mas, já existem algumas marcas nacionais utilizando a fibra, seja por meio de importação do insumo ou autorização judicial. A seguir, conheça algumas delas:

4 marcas de roupas que usam cânhamo

1 – Greenco

Marca de roupas femininas e masculinas que apoia a sustentabilidade e usam fibras de algodão reciclado e orgânico, linho, fios de poliéster feitos a partir de garrafas PET recicladas e, claro, cânhamo.

2 – Reserva

A marca masculina de roupas, calçados e acessórios também apostou em uma coleção usando a fibra de cânhamo. As peças são compostas de cânhamo, algodão e, em alguns casos, poliéster. Segundo a descrição do produto: “As fibras de cânhamo têm aproximadamente 8 vezes mais resistência à tração e são 4 vezes mais duráveis do que às de algodão. Assim, as peças também serão e poderão ser usadas por muito mais tempo!” – o que prova a maior durabilidade mencionada acima.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

3 – Ginger

No ano passado, a marca de roupas femininas da atriz Marina Ruy Barbosa também lançou uma coleção com 24 peças produzidas – entre camisetas, bodies e regatas – com cânhamo. De acordo com a marca, esse tipo de fibra serve para dar forma às peças, que são feitas em malha e cânhamo.

4 – Weedog

Até a moda pet já possui peças feitas de cânhamo, como é o caso da marca Weedog, que apoia não só um menor impacto ambiental mas também o estilo dos cachorrinhos. A empresa usa poliéster reciclado, algodão orgânico, fibras de bambu e cânhamo. Tudo para deixar os animais ainda mais estilosos e, claro, sustentáveis.

Apesar de ser uma fibra extremamente promissora para o mercado da moda, o cânhamo ainda enfrenta dificuldades para se tornar legal no Brasil. Mas, ainda há uma luz no fim do túnel, uma vez que a PL 399/2015, que libera o cultivo da cannabis para fins medicinais e industriais para pessoas jurídicas, já foi aprovada em comissão especial na Câmara e deve seguir para o plenário. Só nos resta torcer para que o cânhamo ganhe a graça dos brasileiros.

Confira outros conteúdos sobre cânhamo publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese