Cannabis contra obesidade?

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Há muito tempo, sabe-se que algumas pessoas, apesar de obesas por esta classificação, não apresentam sinal de qualquer doença relacionada à obesidade, quando avaliadas com exames (Foto: reprodução)

Por João R. Negromonte

Não é de hoje que a cannabis está relacionada com o ganho de peso, relação essa que caracterizou os usuários da erva como “lariqueiros”, por conta da tão falada “larica” (sensação de perda de saciedade devido ao THC).

Entretanto, alguns estudos recentes revelam que uma substância presenta na cannabis, o Tetrahydrocannabivarin (THCV), pode realmente ajudar você a perder peso. Enquanto o THC aumenta o apetite, o THCV o suprime.

Como o próprio nome sugere, o THCV é semelhante ao THC na estrutura molecular e nas propriedades psicoativas, mas fornece uma variedade de efeitos completamente diferentes.

Este canabinoide é um antagonista dos receptores CB1 e CB2. Isso quer dizer que, dependendo da dosagem, ele bloqueia o THC te protegendo do aumento do apetite e também do efeito psicoativo.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Quais os benefícios do THCV?

  • THCV é um inibidor de apetite: Ao contrário do THC, o THCV diminui o apetite. Isso é bom para os consumidores focados em perder peso, mas deve ser evitado por pacientes que estejam tratando perda de apetite, anorexia, HIV e câncer.
  • Pode ajudar no tratamento do diabetes: Pesquisas recentes mostram habilidade do THCV em regular o açúcar no sangue e de reduzir a resistência à insulina.
  • Pode reduzir os ataques da síndrome do pânico: Reduz os ataques de ansiedade sem suprimir a emoção.
  • Ajuda pacientes com Alzheimer: Tremores, controle motor e lesões cerebrais associados à doença podem ser tratados com THCV.
  • Estimula o fortalecimento dos ossos: Porque promove o crescimento das células ósseas. O THCV tem sido procurado para o tratamento de osteoporose e outros problemas relacionados aos ossos.

Como saber se estou acima do peso?

Considera-se obeso quem tem o IMC (índice de massa corporal, calculado pela altura e peso) acima de 30 Kg/m2, e normal quem tem IMC abaixo de 25 Kg/m2. Na tabela abaixo, é possível verificar qual o limite de peso para sua altura.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Algumas causas da obesidade

Em geral, o equilíbrio entre ingestão calórica e gasto energético determina o peso de uma pessoa. Se uma pessoa ingerir mais calorias do que queima, ela ganhará peso – é simples assim. Portanto, a causa mais comum da obesidade é a falta de atividade física e excessos, não se limitando a isso.

Outras fundamentos que podem causar a obesidade são:

  1. Genética
  2. Qualidade do sono
  3. Medicação
  4. Transtornos psicológicos

Todos os motivos listados acima, podem ser tratados com o uso do THCV, por isso, cada vez mais as pesquisas com cannabis estão voltadas para o bem estar e qualidade de vida das pessoas.

Porém, se você já faz uso de algum medicamento controlado, consulte o seu médico sobre cuidados primários, pois foi constatado clinicamente que o ganho de peso está frequentemente associado ao uso de medicamentos, por isso, é importante seguir as recomendações de um especialista antes de tomar qualquer atitude precipitada.

Encontrando o THCV

Em alguns lugares onde a cannabis é legalizada, existem produtos comestíveis, sublinguais ou vaporizáveis ​​projetados para conter níveis mais altos de THCV. Se eles não estiverem disponíveis na sua região, você poderá procurar por cepas de cannabis cruas com concentração naturalmente alta de THCV.

Em geral, o THCV é mais comum em cepas sativa originárias da África, como a Durban Poison. Novas cepas também foram criadas para maximizar o THCV, como o Doug’s Varin e o Pineapple Purps. 

Durban Poison

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Não tem certeza se uma cepa contém THCV? Verificar os resultados dos testes de laboratório de produtos é uma boa forma de verificar a presença da substância.

Confira outros conteúdos sobre saúde publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese