DOC20.SECHAT: Histórias que contamos em 2020 (Parte 1)

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Fogaça entrou para o mundo da Cannabis quando viu sua filha Olívia, de 13 anos, definhar diante de tantos medicamentos alopáticos (Foto: Reprodução/Página de Henrique Fogaça no Instagram)

DOC.2020 é uma série de matérias especiais com olhar do Sechat sobre os fatos mais relevantes do ano de 2020 para a Cannabis Medicinal no Brasil e no mundo 

Por Sechat Conteúdo

Durante o ano de 2020, o Sechat contou várias histórias de superação. Mesmo que tenha sido um ano desafiador, muitas pessoas e famílias viram suas vidas mudarem com a Cannabis Medicinal. Melhorias na locomoção, fala, diminuição da dor, e de outros sintomas de doenças graves e raras estão entre os efeitos que a planta trouxe a diveros pacientes que, em 2020, decidiram iniciar o tratamento com a Cannabis Medicinal.

Preparamos uma série com três matérias para reviver as principais histórias. Confira a seguir a primeira parte: 

Cannabis Medicinal acaba com crises de dor em capixaba praticante de jiu-jitsu

No final de 2017 foi quando Tales Loss, hoje com 19 anos, sofreu com a primeira crise. Durante um treino de jiu-jitsu, que ele pratica desde 2015, foi surpreendido com fortes dores na coluna, que o deixaram imobilizado. “Eu não sabia o que estava acontecendo, achei que era uma lesão comum da luta, então fiquei até março de 2018 treinando e, quando eu tinha as crises, ficava uma semana parado me recuperando e depois voltava. Em março foi quando eu tive minha primeira crise que nunca mais passou”, comentou o jovem. 

Por conta da ineficácia do medicamento biológico, Tales decidiu procurar amparo na medicina alternativa, com a Cannabis medicinal. “Em janeiro desse ano eu decidi conversar com meu irmão sobre a cannabis. Pesquisei bastante e vi alguns casos parecidos com o meu, que a planta estava ajudando. No mês seguinte ele conseguiu um óleo via não prescritiva, de um produtor artesanal.” Em março, Tales teve uma consulta com um médico prescritor, que o indicou o óleo Full Spectrum 1:1 CBD:THC, que, desde então, ele usa três vezes ao dia. LEIA MAIS

Fogaça afirma que plantaria maconha para extrair canabidiol para filha

O chef Henrique Fogaça afirmou que plantaria maconha para extrair o canabidiol usado no tratamento de sua filha Olívia caso o cultivo fosse legalizado no Brasil. Em entrevista ao Sechat, o jurado do Masterchef disse que “extrair o próprio óleo seria a melhor coisa do mundo”.

Fogaça entrou para o mundo da Cannabis quando viu sua filha Olívia, de 13 anos, definhar diante de tantos medicamentos alopáticos. Olívia tem um tipo raro de epilepsia e a hipotomia (diminuição do tônus muscular e da força, o que causa moleza e flacidez). LEIA MAIS

Cannabis devolve direito de sonhar a paciente com Mal de Parkinson

Esta história não é sobre cura. Esta história é sobre a realidade de quem vive com uma doença até o momento incurável e incapacitante, o Mal de Parkinson, que é caracterizado por rigidez muscular, tremores involuntários e até mesmo demência em casos mais graves. É viver sentido todos os dias suas células nervosas sendo destruídas e, junto com elas, os seus sonhos.

E foi a Cannabis que promoveu à professora Maria José Maia de Mirando, a Zezé, de 65 anos, a chance de voltar a sonhar em colocar o pé na estrada sobre um motorhome ao lado de sua companheira, a também professora Ana Maria de Almeida Santiago, de 54 anos. LEIA MAIS

Aposentada com Alzheimer deixa cadeira de rodas após tratamento com Cannabis

Há 45 anos, o aposentado Docel Ribeiro das Neves, de 65 anos, divide a vida com a também aposentada Sonia Maria da Silva Neves, de 67 anos. Neste período, o casal honrou com todos seus votos matrimoniais, porém, a promessa de permanecerem unidos na saúde e na doença começou a ser cumprida em 2016, quando Sonia foi diagnosticada com o Mal de Alzheimer e a vida da família mudou drasticamente.

Uma faísca de esperança brotou no coração do aposentado quando sua nora mandou para ele um vídeo do Seu Ivo. O choro foi inevitável ao ver os mesmos sintomas e comportamentos de Sonia ali, no vídeo, porém, Ivo colhia os benefícios da Cannabis medicinal. LEIA MAIS

Confira outras histórias inspiradoras contadas pelo Sechat em 2020:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese