Empresário brasileiro aposta nos Estados Unidos para produzir cannabis e desenvolver produtos

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Regras claras de regulação para a produção de cannabis incentivaram Rogério Callegari a investir e viver nos EUA, onde tem três fazendas e acaba de lançar uma linha inovadora de produtos; na foto, Callegari e sócia Golnesa Gharachedaghi na fazenda localizada no estado do Colorado (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Por Sechat Conteúdo

O empresário brasileiro Rogério Callegari vive nos Estados Unidos desde 1998. Ele é proprietário das chamadas Green Lands, terras onde o plantio de cannabis é permitido, sendo responsável pelo gerenciamento de três fazendas localizadas nos estados do Colorado e da Califórnia, onde produz sementes de cânhamo. Além disso, realiza o beneficiamento de produtos em que se destacam uma linha de CBD (canabidiol) com nanotecnologia, outra de CBG (canabigerol) e uma terceira linha de THC (tetrahidrocanabinol).

Junto com um grupo de consultores do Colorado, estado onde as leis que envolvem a cannabis encontram-se num estágio bastante evoluído, Callegari conta que a linha de produtos Zorah, a sua marca própria, tem obtido uma excelente receptividade junto aos consumidores.

Um dos motivos, conforme explica, é que o óleo de CBD tradicional possui moléculas grandes que demoram para serem absorvidas na pele do paciente. Nesses casos, a nanotecnologia age transformando uma gota do óleo em diversas pequenas gotículas que se dissolvem na água, como uma emulsão. Dessa forma, a absorção do produto torna-se, segundo ele, dez vezes maior e dez vezes mais rápida, potencializando o tratamento.

Callegari (E) e o consultor de Genéticas de Sementes John Lee na fazenda Rogo Farm, uma das suas propriedades do brasileiro, no estado do Colorado (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Atualmente, a empresa desse paulistano, que tem formação em Administração e Comunicação e em Gastronomia, oferece dois produtos com nanotecnologia: um spray que auxilia nos distúrbios do sono e tinturas com altas concentrações de CBD, que agem contra a ansiedade, dores crônicas, epilepsia, entre outros problemas de saúde. “Isso terá grandes efeitos em tudo que já existe no mundo da cannabis”, adianta. “Pelo fato de o corpo ser composto 70% de água, as gotículas entram direto na corrente sanguínea, então não há demora para quebrar as moléculas que são logo absorvidas pelo organismo, diferentemente do processo que acontece com o óleo.”

Além disso, a nova tecnologia é mais segura: normalmente, os óleos de CBD são dissolvidos no álcool, mas, no caso destes produtos, a dissolução acontece na água, tornando mais fácil a absorção pelo organismo.

Lançamento da marca própria Zorah, que oferece formulações com nanotecnologia que age transformando uma gota do óleo em diversas pequenas gotículas que se dissolvem na água, como uma emulsão (Foto: Divulgação)

Quanto ao teor de THC que existe nos sprays e nas tinturas da nova linha, Callegari afirma que é preciso acabar com o preconceito que envolve a substância, uma vez que ela também oferece uma série de benefícios à saúde. Além de potencializar a recepção do CBD, o THC em diferentes dosagens possui efeitos diversos. “Produtos com menos THC são utilizados para dores, inflamações, ansiedade, depressão, entre outros. Já os produtos com uma quantidade maior são benéficos para insônia, aumento de apetite, dores ocasionadas por doenças como o câncer e tantas outras”, afirma.

As mudanças legais que estão para acontecer nos Estados Unidos por conta das eleições presidenciais e plebiscitárias, poderão impactar o mercado de cannabis no país. Callegari acredita que a utilização do CBD passará a ser legal em produtos de consumo e alimentos, uma vez que muitas empresas que testaram esses produtos no mercado obtiveram resultados extremamente positivos. Como exemplo, ele cita a Coca-Cola, que criou um produto de edição limitada que continha CBD, e foi um sucesso. Além disso, cita também os benefícios que o CBD pode trazer se utilizado para a produção de cosméticos, como cremes que tratam inflamações de pele, acne, rejuvenescimento celular, entre outros. 

Como mensagem aos brasileiros, Callegari defende o fim dos tabus e o maior acesso a informações sobre os inúmeros benefícios da cannabis não apenas para a saúde de quem a utiliza, mas, também, o resultado que poderá trazer para a economia do país.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese