Gwyneth Paltrow: cannabis é o ‘ingrediente do futuro’

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
“Estamos indo definitivamente na direção da legalização da cannabis, e acho que é isso o que deve ocorrer”, disse a atriz (Foto: Reprodução/CNBC/Goop)

Gwyneth Paltrow, CEO e fundadora da Goop, é a mais recente celebridade de Hollywood a investir na indústria da cannabis. A atriz, que virou guru do bem-estar, acaba de anunciar que está apoiando a Cann, uma fabricante de bebidas com infusão de cannabis.

Paltrow chama a cannabis de um “ingrediente herói do futuro” para o bem-estar e diz que foi atraída pelas bebidas Cann, que são infundidas com pequenas doses de THC e CBD, como uma nova alternativa ao álcool.

>>> Sechat confirma para 2021 o maior evento sobre Cannabis Medicinal no Brasil

“Há todo um movimento rolando sobre a sobriedade e o movimento de curiosidade pela cannabis que está acontecendo, isso é meio que a interseção destas duas coisas, de certa forma”, disse Paltrow.

É a primeira vez que Paltrow fala sobre um investimento pessoal na indústria da cannabis, embora a Cann não seja a primeira empresa da área que ela apoiou. Os termos financeiros do acordo com a empresa não foram divulgados.

Ao endossar a Cann, Paltrow parece estar seguindo os passos de Martha Stewart, que recentemente lançou uma linha de gomas de CBD com Canopy Growth. Paltrow – com seus 7,5 milhões de seguidores em seu Instagram pessoal, 1,5 milhão de seguidores no Instagram da Goop e 2,5 milhões de ouvintes mensais em seu podcast – empresta um nome robusto para a indústria da cannabis incipiente, que ela acredita que se tornará mainstream.

>>> Empresa francesa cria máscaras de cânhamo contra a Covid-19

“Estamos indo definitivamente na direção da legalização da cannabis, e acho que isso deve ocorrer”, disse Paltrow. “Na verdade, não sou uma grande usuária pessoal dela. Mas eu acho que existem qualidades medicinais incríveis e é realmente útil para muitas pessoas.”

Cann produz bebidas infundidas para adultos com sabores como toranja-alecrim, limão-lavanda, laranja-cardamomo. Os tônicos contêm 2 miligramas de THC e 4 miligramas de CBD – porções de compostos de cannabis que são consideradas microdoses. Os fundadores da Cann, Luke Anderson e Jake Bullock, disseram que o objetivo das doses menores é incentivar os consumidores a tomar várias bebidas sem ficar incapacitados.

CBD é a abreviatura de canabidiol, que muitos dizem oferecer os benefícios calmantes da cannabis sem o efeito do THC, ou tetraidrocanabinol.

>>> França distribuirá Cannabis medicinal gratuitamente

Anderson espera que o grande número de seguidores de Paltrow ajude a empresa a trazer novos clientes que podem estar abertos a uma alternativa às bebidas alcoólicas. A arrecadação de fundos mais recente da empresa inclui investimentos da cantora Tove Lo e do ex-jogador da NBA Baron Davis.

“Quando as pessoas pensam em Gwyneth Paltrow, elas não pensam em ‘erva’ – elas pensam em soluções de ponta para as necessidades de saúde e bem-estar de hoje”, disse Anderson. “O endosso dela é um sinal de que Cann (e as bebidas em microdose de forma mais ampla) são uma resposta viável para as dores comuns do consumidor.”

O mercado de bebidas infundidas dos Estados Unidos é uma vertical em rápido crescimento, dobrando em vendas nos últimos dois anos nos estados legais, de US $ 4,2 milhões em setembro de 2018 para US $ 8,3 milhões no mês passado, de acordo com a empresa de análise Headset.

>>> Filme sobre a Cannabis no Uruguai é destaque na 44ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Canopy Growth, uma das maiores empresas de cannabis do mundo, possui uma participação na BioSteel Sports Nutrition, uma empresa nutricional que é popular entre os atletas. Neste mês, a BioSteel assinou um acordo exclusivo com dois grandes distribuidores de bebidas. A parceria permite que a Canopy Growth coloque sua infraestrutura em funcionamento para explorar o mercado de bebidas infundidas nos EUA.

As bebidas Cann’s estão disponíveis em dispensários e para entrega na Califórnia e em Nevada. Mas a empresa planeja usar seus últimos fundos levantados, junto com os US $ 5 milhões que arrecadou em janeiro, para expandir para mais quatro estados legais nos próximos seis meses.

Em última análise, Paltrow espera que seja apenas uma questão de tempo antes que a descriminalização mais ampla da cannabis leve ao público dominante a abraçar produtos derivados da cannabis como a Cann.

Fonte: CNBC

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese