Highlights: Acompanhe os destaques da Live Sechat 31/08

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
A live Sechat vai ao ar todas as terças-feiras da 19 às 20hrs (Imagem: Arquivo Sechat)

Por João R. Negromonte

Lilica, como gosta de ser chamada, vem de uma família de imigrantes libaneses que possuem uma vasta experiência na área gastronómica. São mais de 40 anos de prática dentro da cozinha, aprendendo ao lado de diferentes chefs, várias técnicas, receitas e preparos. Mas foi somente anos mais tarde que ela descobriu que conseguia unir todo esse conhecimento à outra paixão de sua vida: A cannabis.

Dessa maneira, começou a estudar sobre o tema, viajou para países legalizados onde experimentou diferentes comestíveis, fez cursos, leu livros e aprendeu, na teoria e na prática, tudo sobre culinária canábica.

Ela conta, que nunca imaginou que uma planta como a cannabis, que ela fazia uso adulto a mais de 20 anos, poderia ser uma grande aliada dentro da cozinha, porém, na teoria foi uma coisa, mas na prática não era bem assim.

Eu queimei muita ganja, eu fiz muita infusão errada, fiz muito óleo que não deu efeito, mas foi na experimentação e através de outros cursos que eu consegui me aperfeiçoar e desenvolver um método que repasso hoje pros meus alunos.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Ela conta também, que as formas de absorção dos componentes presentes na planta, trazem efeitos diferentes. Quando utilizamos da forma inalada, nota-se efeitos mais fortes, porém rápidos. Já quando ingerimos, os efeitos são mais brandos, mais muito mais duradouros.

Ou seja, dentro da culinária, as pessoas podem encontrar soluções terapêuticas e medicinais em micro doses diárias.

Tu não acorda no meio da noite e fuma um baseado, mas se tiver uma balinha, uma guloseima ou mesmo um óleo, irá “dormir feito um neném”(…). Tenho vários alunos que se desprenderam de medicamentos alopáticos para ficarem somente nas micro doses com canabinoides dentro da sua alimentação cotidiana.

Melhor comer que fumar?

Segundo Lilica, ela mesma sempre teve problemas com os efeitos colaterais que a fumaça pode causar em nosso corpo como tosse, muco na garganta, que é o famoso “pigarro” e irritações nas vias aéreas.

Entretanto, a introdução via oral, isto é, a ingestão de alimentos com infusão de cannabis, evita esses efeitos negativos decorrentes da combustão da erva.

Entretanto é importante evitar as “overdoses” ou, em outras palavras, cada ser humano necessita de uma dosagem específica de canabinoides diariamente.

“Dentro do uso gastronómico, é mais difícil controlar essa dosagem, pois, as vezes, a comida está tão boa que comemos mais que o necessário e, é justamente aí que mora o perigo. Toda e qualquer substância que consumimos com demasia, se torna um risco para a saúde; a diferença entre o veneno e o medicamento é a dosagem”, diz Lilica.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

O que é aproveitado da planta?

A planta da cannabis é uma PANC (planta alimentar não convencional), das sementes as folhas e flores, tudo é aproveitado. Lilica revela que o caule e a raiz não são muito utilizados para a culinária, porém são ótimos para cremes e pomadas, inclusive o lubrificante de cannabis é feito através de uma infusão de óleo de coco com canabinoides.

As folhas largas também tem muito pouco canabinoides para se fazer uma infusão, ou seja, se tu fizer uma manteiga com elas, ficará muito verde e com muita clorofila. Então, gosto de utiliza-las frescas para uma salada, um vinagrete ou mesmo secas para temperos.

Já as flores, são ali que estão a maioria dos canabinoides e são exatamente elas que Lilica prefere usar em suas receitas.

Claro, a planta toda é rica em antioxidantes, sais minerais, fibras, mas os canabinoides e a principal medicina estão na resina presente nas flores.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Descarboxilação, o que significa?

Sabemos que as moléculas de CBD e THC presentes na forma in natura da planta, estão na forma ácida, por isso é feito o processo de descarboxilação (Reação química na qual um grupo carboxilo é eliminado de um composto na forma de dióxido de carbono), ou seja, é preciso desprender essa molécula ácida dos componentes para deixa-los mais “puros”.

Eu já expliquei pros meus alunos que existem três etapas básicas para a realização desse processo, melhor dizendo, ensino a produzirem o óleo tanto na forma descarboxilizada, tanto na forma natural, assim eles aprendem que as duas formas são corretas, pois o óleo “full”, como chamamos aqueles que possuem todos os compostos da cannabis, possuem suas especificidades medicinais, assim como as descarboxilados.

Existem diversos fatores que contribuem para uma descarboxilação ideal, que são temperatura, pressão, humidade, algumas regrinhas básicas para que dê tudo certo, mas não iremos entregar tudo aqui de bandeja.

Onde posso aprender tudo isso?

Para aqueles que se interessaram pelas as etapas e maneiras do processo culinário e químico da cannabis, Lilica oferece um curso onde responde essas e outras dúvidas sobre esse universo ainda tão pouco explorado.

MAS AFINAL, O QUE É O CURSO DE CULINÁRIA CANNABICA?

O objetivo do curso é te ensinar a colocar cannbis na alimentação de forma segura e deliciosa, seja para fins adultos ou medicinais.

Você vai aprender a mudar sua relação com a planta e consumi-la de maneira diferente, por meio de comestíveis de todos os tipos, doces ou salgados. Descubra na prática como colocar maconha no seu prato, sem cometer erros e com quem é especialista no assunto.

PARA QUEM É O CURSO DE CULINÁRIA CANNABICA?

É um curso online criado para todas as pessoas que tenham interesse em consumir cannabis nos alimentos de maneira segura.

Não importa se você já entende de cozinha ou até mesmo se fuma, o curso é pra todos que desejam inserir a erva na alimentação de forma segura, o que irá contribuir para seu bem estar e qualidade de vida.

O curso vai do básico ao avançado, oferecendo autonomia pra você criar suas próprias receitas e conhecer todos os benefícios da culinária cannabica.

Ficou curioso? Acesse o link e saiba mais sobre.

Se gostou do nosso conteúdo e gostaria de saber mais, assista a live na íntegra em nossa página no youtube:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese