Óleo de cânhamo da Garnier ganha nova embalagem sustentável

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Quase metade do plástico tradicionalmente usado nos tubos do óleo foi substituído por um novo material semelhante ao papel de base biológica (Foto: Reprodução/Garnier)

O óleo de cânhamo é um produto feito das sementes da planta Cannabis sativa. Embora seja razoavelmente popular no Reino Unido há vários anos, o óleo de cânhamo tem sido um grande beneficiário da chamada “corrida verde” dos produtos inspirados na cannabis que agora estão inundando o mercado de beleza e bem-estar após a legalização da produção industrial de cânhamo nos Estados Unidos.

Como parte da iniciativa recentemente lançada “Green Beauty”, o produto passou por nova reformulação em sua embalagem. Quase metade do plástico tradicionalmente usado nos tubos do óleo foi substituído por um novo material semelhante ao papel de base biológica e certificado, e apresenta uma tampa mais leve e tubo feito com 49% menos plástico. Além disso, Garnier implementará uma Rotulagem de Impacto Social e Ambiental do Produto.

>>> Astro da NBA Klay Thompson lança marca de CBD

O óleo de cânhamo é frequentemente comparado ao óleo de canabidiol (CBD), mas na verdade são ingredientes muito diferentes. Simplificando, o óleo de CBD é produzido usando folhas, flores e caules da planta de cânhamo, que contêm uma concentração muito maior de CBD, enquanto o óleo de cânhamo é colhido por prensagem a frio das sementes de cânhamo. Embora as sementes de cânhamo não contenham o mesmo nível de compostos que a própria planta, elas ainda oferecem um rico perfil de ácidos graxos e nutrientes, o que as torna um ingrediente muito popular para uso em produtos para a pele.

Para o que o cânhamo é usado?

Os produtos de cânhamo são incrivelmente versáteis e há uma ampla gama de indústrias em que podem ser úteis. Para começar, o cânhamo é muito nutritivo e pode ser usado em muitos produtos alimentares diferentes (por exemplo, molho para salada e granola), embora também seja uma fonte popular de proteína vegetal. Historicamente, o cânhamo foi usado como uma alternativa ao algodão para fazer roupas e, embora essa prática tenha diminuído nos últimos anos, o uso do cânhamo em têxteis está em constante aumento.

>>> FDA quer saber se os efeitos do CBD são diferentes para as mulheres

O cânhamo também é cultivado para uso em diversos campos, como papel, isolamento, cordas e bioplásticos. Principalmente, no entanto, o óleo de cânhamo é usado em produtos de saúde e beleza. 

Benefícios do óleo de cânhamo para a pele

Verde escuro com um aroma suave de nozes, o óleo de cânhamo pode ser o complemento ideal para a sua rotina de cuidados com a pele. Há uma ampla gama de benefícios do óleo de cânhamo a serem considerados. Listamos algumas a seguir:

– Propriedades de antienvelhecimento – os produtos de cânhamo contêm ácidos oleico e ácido linoléico que nossos corpos não são capazes de produzir. Esses ácidos demonstraram fornecer propriedades anti-envelhecimento. Como tal, os produtos enriquecidos com óleo de cânhamo podem atacar as rugas e linhas finas, evitando o desenvolvimento de alguns daqueles sinais reveladores de envelhecimento.

– Mantém os poros hidratados (sem obstruir) – Um dos principais benefícios do óleo de cânhamo para a pele é sua capacidade de nutrir e hidratar sem obstruir os poros, ajudando a mantê-lo hidratado.

– O óleo de cânhamo é rico em ácidos graxos como os ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, bem conhecidos por suas propriedades hidratantes e restauradoras.

Fonte: Packaging News e Garnier

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese