Startups com foco em cannabis iniciam internacionalização

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Foto: Pexels/RFstudio)

Por The Green Hub

A internacionalização e abertura de novas frentes de negócios para startups  focadas em cannabis acaba de se tornar realidade neste início de ano para três  aceleradas da The Green Hub, empresa voltada à educação, consultoria e  investimento em negócios inovadores envolvendo a planta. Uma spin-off da Blue  Hops, startup de São Paulo focada em alimentos e bebidas com canabidiol, e a  canadense C.Brew, produtora de cerveja artesanal com infusão de cannabis, acabam  de se fundir e o resultado é o nascimento da marca Blue Hemp. Já a startup uruguaia  CBeDifferent, que desenvolve, produz, vende e distribui cosméticos elaborados com  derivados do cânhamo, entra literalmente no campo ao se tornar operadora da  fazenda Meraki, também localizada no Uruguai.  

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

À frente dessas startups estão brasileiros que decidiram empreender mirando  o mercado internacional, uma vez que o Brasil ainda enfrenta impedimento legal para  o cultivo, produção e comercialização de produtos feitos à base de canabidiol. “Vários  países ao redor do mundo já entenderam a importância econômica e social dessa  planta, como geração de empregos, impostos e melhor qualidade de vida às pessoas.  O Canadá e o Uruguai representam, de fato, o início da internacionalização das  startups em que resolvemos investir no último ano”, afirma Alex Lucena, sócio e CIO  da The Green Hub.  

Com a fusão entre a spin-off da Blue Hops e a C.Brew , a The Green Hub  passa a contar com 12 startups em seu portfólio e ainda no primeiro semestre deste  ano deverá anunciar sua quarta Chamada de Startups para escolha de novas  aceleradas. “Não podemos ficar de braços cruzados aguardando a mudança na  legislação brasileira. Quem quiser investir e empreender no setor de cannabis tem  de começar logo para sair na frente e estar na vanguarda quando o cenário do nosso  País avançar”, continua Lucena. 

Rompendo fronteiras– A Blue Hemp atuará no Canadá pilotada por  brasileiros residentes naquele país. A união das duas empresas resulta na criação de 

uma plataforma de pesquisa e desenvolvimento de insumos e produtos saudáveis e  inovadores com cannabis. “Vamos transferir nosso expertise de aplicação do lúpulo,  um primo da cannabis, em alimentos e bebidas para passar a desenvolver linhas de  condimentos, snacks, vinhos, azeites de oliva, temperos, entre tantos outros  produtos, com uso da cannabis”, afirma Túlio Rodrigues, fundador e CEO da Blue  Hemp. De acordo com a BDS Analytics, o mercado de alimentos e bebidas com  infusão de canabinoides chegará a US$ 5,9 bilhões até 2024. 

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Já os brasileiros à frente da CBeDifferent enxergaram oportunidade no  mercado de cosméticos naturais, que apresenta crescimento anual estimado entre  8% e 25% no mundo todo. Mas não pararam por aí. Com a recente parceria  estratégica firmada com a fazenda Meraki, localizada na região leste do Uruguai,  estão sendo abertas novas oportunidades para pesquisadores e outras startups  ligadas à The Green Hub que estudam em profundidade os usos de cannabis para a  indústria.  

Uma das fazendas do grupo é dedicada ao cultivo de cânhamo industrial para  obtenção de flores com alto teor de CBD e até 1% de THC. “Vamos oferecer espaço  físico e matérias-primas de alta qualidade para desenvolvimento de produtos e novas  tecnologias. Nosso laboratório de pesquisa abrigará diversos projetos de instituições  privadas e também de universidades, inclusive brasileiras”, diz Camila Salles Viana,  fundadora e diretora da CBeDifferent.  

Sobre a The Green Hub Primeira plataforma brasileira especializada em tecnologia e inovação com foco em  negócios voltados à indústria da cannabis. Sua proposta é atuar como hub voltado  para pesquisa, educação e conexão entre empreendedores, inovadores, setor  corporativo, academias, associações, governo e investidores desse mercado.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese