Anvisa autoriza dois novos produtos de Cannabis no Brasil

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
A empresa americana Nunature, que recebeu duas autorizações da Anvisa por meio da RDC 327, tem sede no Colorado, nos Estados Unidos (Foto: Agência Brasil)

Charles Vilela

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou a produção e comercialização no Brasil de dois novos produtos feitos a partir de Canabidiol (CBD), que é um canabinoide derivado da maconha. A autorização sanitária, foi publicada hoje (15) no Diário Oficial da União, é válida por cinco anos. 

As novas autorizações foram concedidas a partir da RDC 327 da Anvisa, que foi aprovada em dezembro de 2019 e entrou em vigor em março de 2020, regulamentando a fabricação, a comercialização e a importação de produtos derivados de cannabis para fins medicinais. A matéria-prima utilizada na produção deverá ser importada, já que o plantio de Cannabis não é regulamentado no país. 

>>> Pedido de importação de CBD aumenta 86,13% em um ano

>>> Aprovação de autorizações pela Anvisa deve oferecer alguma competitividade ao mercado medicinal da cannabis no Brasil

>>> CBD da VerdeMed será concorrência forte às formulações da Prati-Donaduzzi

Fora da RDC 327, resta aos pacientes que fazem uso medicinal da maconha se utilizarem da RDC 335, de 20 de janeiro de 2020 – que estabeleceu as regras para a importação dos produtos por pacientes –, ou buscar os produtos através de associações de pacientes que se proliferam pelo país. 

Assim que começarem a ser comercializados nas drogarias do país, os dois produtos da Nunature autorizados agora pela Anvisa serão os primeiros a disputar as vitrines do varejo com a empresa paranaense Prati-Donaduzzi, que desde abril ano passado tem autorização sanitária para comercializar o Canabidiol 200mg/ml. O custo do produto praticado no mercado é, em média, de R$ 2.350. Assim, como efeito prático, com a decisão da Anvisa a Prati-Donaduzzi perde a posição de vantagem que usufruía até agora por conta de ser, até então, a única empresa autorizada a produzir no país produtos com derivados da Cannabis a partir da RDC 327. 

A Nunature entra no mercado brasileiro oferecendo o produto Canabidiol Nunature com duas concentrações diferentes: 17,18 mg/ml e 34,36 mg/ml. Em fevereiro, a indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi recebeu autorização da Anvisa para comercializar duas novas concentrações do seu produto Canabidiol, que já está sendo comercializado em 20 mg/ml e 50 mg/ml. A redução na concentração de CBD nos produtos é uma tendência do mercado com o objetivo de reduzir o preço de comercialização. 

A Nunature Farms apresenta-se como uma empresa industrial de cultivo e processamento de cânhamo feminizado localizada no estado do Colorado, fundada em 2015 pela família Johnson e um amigo próximo da família, Denis Barden. “Nosso produto de canabidiol é derivado de uma linhagem única e processado em uma cadeia controlada, garantindo qualidade, pureza e potência. Cada produto é testado para que você possa ter certeza do conteúdo do frasco. A combinação de práticas da agricultura orgânica com a extração artesanal da cannabis é o que nos distingue”, afirma a empresa. 

Confira outros conteúdos produzidos pelo Sechat relacionados com o tema desta matéria:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese