DOC20.SECHAT: Como a Cannabis medicinal pode ajudar na ansiedade

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Alguns estudos mostraram que o óleo CBD é um ansiolítico natural e pode ser útil no tratamento da ansiedade (Foto: Andrea Piacquadio/Pexels)

DOC.2020 é uma série de matérias especiais com olhar do Sechat sobre os fatos mais relevantes do ano de 2020 para a Cannabis Medicinal no Brasil e no mundo 

Por Sechat Conteúdo

Para a maioria das pessoas ao redor do mundo, o ano de 2020 não foi fácil. Por conta da pandemia da Covid-19 e as regras de distanciamento e isolamento social. Assim, muitos desenvolveram doenças psicológicas ou tiveram as suas doenças agravadas, como depressão, transtorno de ansiedade e estresse.

Por conta disso, uma série de pesquisas e estudos científicos foram realizados acerca dos efeitos que a cannabis medicinal tem no tratamento de tais doenças. Confira a lista que o Sechat organizou uma lista com os principais estudos. 

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Canabidiol para ansiedade: por que tem tanta gente experimentando?

O CBD é um composto anti-inflamatório e anti-ansiedade. Alguns estudos mostraram que o óleo CBD é um ansiolítico natural, que pode ser útil no tratamento da ansiedade social. Ele acalma a ansiedade e faz isso naturalmente, sem os possíveis efeitos colaterais associados aos medicamentos alopáticos.

Os pesquisadores concordam que depressão, ansiedade e outros transtornos mentais causam alterações mensuráveis em áreas críticas do cérebro, como o hipocampo (associado à memória). Embora a ansiedade possa afetar o crescimento e a maturação saudáveis das células cerebrais, o óleo CBD tem o potencial de regenerar quaisquer células cerebrais perdidas. LEIA MAIS

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Canabidiol pode auxiliar no combate à ansiedade?

Pesquisas recentes revisaram estudos feitos em roedores e humanos para ver como o CBD afeta a ansiedade.  A revisão concluiu que dos 49 estudos pré-clínicos, clinais e epidemiológicos revisados, apenas um não produziu resultados significativos. Os resultados mostram que o CBD pode oferecer um potencial tratamento para transtornos de ansiedade. 

Os estudos concluem que o uso de CBD em doses controladas pode reduzir a ansiedade em pacientes com transtorno de ansiedade social (TAS), transtorno de ansiedade geral (TAG) e transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Além disso, pode melhorar o tratamento comportamental para TEPT (estresse pós-traumático). LEIA MAIS

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Cannabis reduz sintomas de estresse pós-traumático em longo prazo

Pacientes com transtorno de estresse pós-traumático (PTSD) que consomem cannabis por fontes legais mostraram uma redução dos sintomas ao longo do tempo em comparação com os não usuários, de acordo com um estudo publicado recentemente. Os resultados da pesquisa, “The Long-Term Prospective, Therapeutic Impact of Cannabis on Post-Traumatic Stress Disorder”, foram publicados no início deste mês pela revista Cannabis and Cannabinoid Research.

>> Sechat confirma para 2021 o maior evento sobre Cannabis Medicinal no Brasil

Para conduzir o estudo, pesquisadores associados à Perelman School of Medicine da University of Pennsylvania, à John Hopkins University e à University of Colorado School of Medicine recrutaram 150 participantes com PTSD. Os sujeitos do estudo foram divididos em dois grupos. Um deles incluía participantes que usavam cannabis em dispensários licenciados pelo estado. Já o outro grupo adicional era formado por não usuários de cannabis como controle. Os participantes do estudo que usaram cannabis consumiram principalmente flores com predominância de THC. LEIA MAIS

>>> Sechat divulga gratuitamente serviços de 118 médicos prescritores de Cannabis Medicinal

O uso de cannabis diminui o estresse em modelos animais

Segundo pesquisa feita pela Washington State University, ratas que inalaram cannabis durante um mês diminuíram sua reatividade ao estresse. Em contraste, os ratos machos que tiveram acesso à mesma potência da cannabis na mesma janela de 30 dias não experimentaram nenhuma mudança fisiológica em como eles responderam a uma situação estressante. LEIA MAIS

Confira outros conteúdos publicados pelo Sechat sobre a Cannabis Medicinal e transtornos mentais:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese