Ensaio clínico mostra associação entre inalação de cannabis e melhora na colite ulcerativa

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Os resultados de um novo ensaio clínico são promissores para quem sofre de colite ulcerosa (Foto: Reprodução/High Times)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de High Times ((Addison Herron-Wheeler)

Um novo estudo mostra que a inalação de cannabis pode estar associada a melhorias e melhor qualidade de vida para aqueles com colite ulcerosa. O ensaio, intitulado “Cannabis está associada à remissão clínica, mas não endoscópica na colite ulcerosa: um ensaio clínico randomizado”, foi publicado no jornal PLoS One e descreve os efeitos do uso de cannabis com alto THC na colite ulcerosa.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

O estudo foi realizado por pesquisadores em Israel. Conforme os autores, foi observado como a inalação de cannabis herbácea afetou pacientes com colite ulcerativa por um período de oito semanas, com uso contínuo e constante. Foi usado um método duplo-cego, randomizado e controlado por placebo. Sobretudo, isso garantiria que os dados fossem precisos e imparciais, e os pacientes não sabiam o que estavam recebendo. A cannabis inalada continha 16% de THC ou praticamente nenhum THC. Os pacientes também continuaram tomando a medicação padrão.

“Os dados da pesquisa indicam que o uso de cannabis é relativamente comum entre pacientes com doenças inflamatórias intestinais. Além disso, dados observacionais mostraram anteriormente que a cannabis pode aliviar os sintomas de certas doenças relacionadas com a DII, como Crohns”, explicou o estudo sobre os significados por trás da análise da colite ulcerativa e uso de cannabis e a razão pela qual a pesquisa é importante. 

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

O objetivo da pesquisa

Esta pesquisa foi realizada inicialmente porque, embora muitos com colite ulcerosa usem cannabis para ajudar a controlar os sintomas, não há muitos estudos controlados sobre os efeitos. O objetivo era ver a eficácia da cannabis para ajudar a reduzir a inflamação e outros sintomas.

“De uma perspectiva clínica, descobrimos que o tratamento com cannabis levou a uma redução significativa no Índice de Atividade da Doença de Lichtiger. Leva também à uma melhora nos principais sintomas clínicos relacionados à DII. Que incluem dor abdominal e número de evacuações por dia”, conforme mostram os resultados do estudo. “Também observamos uma melhora significativa na qualidade de vida, saúde geral, apetite, libido, concentração e satisfação do paciente com o tratamento.”

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

THC e inflamação

No geral, os pesquisadores concluíram que o estudo mostrou uma conexão entre o uso de cannabis contendo THC e a melhora nos sintomas da colite ulcerativa (UC).

“Este estudo demonstra que o tratamento com cannabis rica em THC em pacientes com UC leve ou moderada está associado à melhora clínica. Esta observação preliminar requer investigação adicional em estudos clínicos de intervenção maiores e mais longos. Esses estudos nos permitirão determinar se a cannabis tem principalmente um papel de alívio dos sintomas ou um efeito terapêutico anti-inflamatório mais específico”, dizem os autores.

>>> Sechat divulga gratuitamente serviços de 118 médicos prescritores de Cannabis Medicinal

Além disso, eles sugeriram que o tratamento com cannabis rica em THC, pelo menos a curto prazo, poderia ser benéfico para os pacientes. 

Enquanto mais pesquisas ainda precisam ser feitas sobre a colite ulcerosa e como o uso de cannabis pode ajudar a tratá-la, este estudo abre o caminho para mais pesquisas sobre as propriedades curativas do THC e o poder que ele tem para reduzir a inflamação para pessoas com certas condições. Pelo menos em curto prazo, ele provou ser eficaz no tratamento da UC.

Confira outros conteúdos sobre os benefícios da cannabis publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese