Frente parlamentar em defesa da cannabis medicinal discute o cultivo em audiência pública em SP

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Assembleia Legislativa de São Paulo (Foto: Sechat/João R.)

Por redação Sechat, com informações de Assessoria Partido Novo

A frente parlamentar em defesa da cannabis medicinal e do cânhamo industrial recebe na quarta-feira (16/03) especialistas para a discussão sobre o cultivo de cannabis no país. A terceira audiência pública com o tema “Cultivo” pretende discutir as diversas experiências do plantio de cannabis para fins medicinais e industriais no Brasil, mapeando as boas práticas e as principais dificuldades para o desenvolvimento do cultivo no país.

Hoje, o Brasil tem mais de 50 mil pacientes que fazem uso de produtos terapêuticos à base de cannabis, segundo dados da consultoria Kaya Mind com base em levantamento junto à Anvisa e à FACT, federação que reúne associações de cannabis terapêutica. Hoje é permitido às empresas instalarem fábricas, beneficiar e vender canabidiol em farmácias, mas o plantio ainda é proibido no Brasil. 

Palestrantes – Cidinha Carvalho, bancária, mãe de Clarian, diagnosticada com síndrome de Dravet e paciente de cannabis terapêutica. É presidente da Cultive Associação de Cannabis e Saúde e membro da PBPD – Plataforma Brasileira de Políticas de Drogas.

Sérgio Rocha, engenheiro agrônomo, geógrafo e especialista em agroecologia, é diretor executivo e fundador da ADWA Cannabis Pesquisa e Desenvolvimento, empresa de melhoramento genético de cannabis. Com formação pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), PUCMinas e IFSudeste MG, é mestrando na área de Genética e Melhoramento de Plantas, com foco na cannabis, pelo Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia da UFV. É cofundador e membro do Grupo Brasileiro de Estudos sobre a Cannabis Sativa UFV (CNPq) desde 2017. É autor do primeiro zoneamento agroclimático para o cultivo de cannabis para uso medicinal e industrial no Brasil (2018). É também autor da proposta de introdução da cannabis enquanto cultura agrícola no Brasil, com potencial para uso medicinal e industrial sob as condições edafoclimáticas do município de Viçosa-MG (2017) e responsável pelo primeiro programa de melhoramento genético de cannabis do país, com cultivos e produção de sementes autorizados desde 2020.

Lorenzo Rolim – Engenheiro agrônomo pela University of California – Davis, há seis anos, começou sua carreira com cannabis medicinal ainda estudante trabalhando na indústria local. Foi responsável pela Bedrocan Brasil, supervisionando todos os empreendimentos realizados pela empresa no país e América do Sul. Depois de deixar a empresa, Lorenzo tornou-se consultor independente e associado da Rhizo Sciences, consultoria para projetos de produção de cannabis medicinal e cânhamo industrial, participando de projetos na Austrália, Nova Zelândia, Lesoto, Zimbábue, Brasil, Uruguai, Colômbia e Chile. Atualmente, Lorenzo é o presidente em exercício da Associação Latino-Americana de Cânhamo Industrial (laiha.org) e diretor de Desenvolvimento de Produção na TANGHO Green, uma holding que investe em vários projetos focados em sustentabilidade, regeneração ambiental, cadeias de suprimentos de bens de consumo ecologicamente corretos e cânhamo industrial de grande escala produção e processamento. É atualmente o agrônomo responsável pela maior área de produção de cânhamo industrial da América Latina, localizada no Paraguai, onde já foram produzidos cerca de 4 mil hectares desde 2019.

Rafael Redwood – É cofundador e CEO da USA Hemp. À frente dos negócios da empresa nos EUA, coordena a linha de produção dos medicamentos da marca. Em 2019, a empresa passou a vender seus produtos para pacientes brasileiros e já é uma das principais exportadoras de cannabidiol no país. Em 2021, a marca já apresentava crescimento de 60% no país em relação ao ano anterior, uma receita acumulada de 25 milhões de dólares em vendas, segundo informações da revista Exame. De acordo com a The New Frontier Data, o Brasil domina 24% do potencial do mercado da América Latina.

Frente Parlamentar – Inédita no país é formada por 21 deputados de doze partidos, a frente parlamentar coordenada pelo deputado Sérgio Victor (Novo) pretende ampliar a discussão, o aprimoramento da legislação e de políticas públicas para o estado referentes à regulamentação da cannabis e do cânhamo, combater o preconceito e democratizar o uso de medicamentos à base de cannabis por meio do SUS.  Bruno Pegoraro, do Instituto de Pesquisas Sociais e Econômicas da Cannabis – Ipsec, é o secretário executivo da Frente.

SERVIÇO

EVENTO: Audiência pública com o tema “Cultivo”

QUANDO: quarta-feira, 16 de março de 2022

HORÁRIO: 19h às 21h

ONDE: em ambiente virtual, via ZOOM, ao vivo

TRANSMISSÃO: Link TV ALESP no Youtube: https://youtu.be/gYGYvgaWgok

Inscrições pelo link: https://bit.ly/audienciacultivo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese