Maioria dos americanos ainda não sabe o que é o CBD, revela estudo

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
A Invisibly entrevistou 1.087 pessoas para aprender mais sobre o conhecimento do público sobre a cannabis e seus derivados nos Estados Unidos, e os resultados são reveladores (Foto: Laryssa Suaid/Pexels)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de Canex (Roland Sebestyén)

A maioria das pessoas nos Estados Unidos ainda não experimentou nenhum produto de CBD (Canabidiol) e não sabe a diferença entre CBD e THC (Tetraidrocanabinol), de acordo com uma pesquisa publicada recentemente. 

A Invisibly entrevistou 1.087 pessoas para aprender mais sobre o conhecimento do público sobre a cannabis e seus derivados nos Estados Unidos, e os resultados são reveladores.

>>> Siga o Sechat no INSTAGRAM

A pesquisa revelou que quase dois terços dos entrevistados (62%) nunca experimentaram um produto CBD, com a maioria (53%) relutante em experimentá-los por qualquer motivo. Além disso, os pesquisadores também descobriram que 58% dos entrevistados não sabiam a diferença entre CBD e produtos contendo THC.

A maioria dos americanos que usam CBD procuram alívio para o estresse e ansiedade

No entanto, dos 47% restantes dos entrevistados que disseram que considerariam usar um produto CBD, 24% disseram que o usariam para reduzir o estresse e a ansiedade, 14% disseram que usariam ou considerariam usar CBD para reduzir a dor física, e 9% disseram que usariam ou considerariam usar o CBD apenas para reduzir a dor física crônica.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Dos entrevistados que relataram o uso de CBD, 40% disseram que o principal motivo de seu uso era reduzir o estresse e a ansiedade. Outros motivos de uso relatados foram para reduzir a dor crônica ou física (17%) e tanto para reduzir o estresse quanto a dor física (32%).

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Ao mesmo tempo, dos entrevistados que experimentaram o CBD, 14% o usaram em forma de ingestão, 11% como pomada ou creme tópico e 13% o haviam experimentado tanto na forma de ingestão quanto na forma tópica.

As mulheres utilizam o CBD mais que os homens

Quando discutiram os resultados, os pesquisadores da Invisibly disseram: “aprendemos que as pessoas em geral estão considerando os produtos de CBD, embora principalmente as mulheres sejam as que os estão usando mais.”

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

“Surpreendentemente, mais da metade dos pesquisados ​​não sabia a diferença entre CBD e cannabis, mas isso também faz sentido porque tantas pessoas em geral não estão dispostas a experimentar um produto CBD. As pessoas que estão abertas a experimentar o CBD estão procurando aliviar o estresse e a ansiedade ou aliviar a dor física crônica. Com base nessas descobertas, são as mulheres que representam a maioria dos usuários de produtos CBD. Sobretudo, elas o estão usando para aliviar o estresse e ansiedade ou para aliviar a dor crônica”, disseram os pesquisadores.

Confira outros conteúdos sobre a cannabis nos EUA publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese