Conselho Regional de Medicina do Paraná cria grupo de trabalho para deliberar sobre o uso medicinal da cannabis 

A iniciativa pioneira destaca-se pela postura vanguardista do conselho e pelo fomento das práticas médicas no que se refere ao desenvolvimento de novas alternativas de tratamento com a planta

Publicada em 08/12/2023

capa
Compartilhe:

O Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR) reforça seu compromisso com a inovação e a busca contínua pelo aprimoramento da prática médica ao criar a Câmara Técnica do Sistema Endocanabinoide. Nomeados conforme a Resolução CRM-PR nº 234/2023, os médicos designados para esta missão pioneira destacam-se na promoção de uma abordagem mais inclusiva e informada sobre o uso medicinal da cannabis. 

Sob a liderança da Dra. Valéria Caroline Pereira Santos, a Câmara Técnica composta pelos Drs. Amanda Medeiros Dias, Maria Leticia Fagundes, Matheus Abdalla de Souza, Matheus de Souza Rosa, Renan André Abdalla de Souza, Sergio Alexandre Liblik e Valéria Caroline Pereira Santos, trará uma perspectiva multidisciplinar e embasada cientificamente para a discussão desse tema relevante. 

O Dr. Renan Abdalla, um dos membros do grupo, enfatiza a importância histórica desta iniciativa:

"Essa é uma grande conquista para médicos e pacientes. O CRM Paraná é pioneiro em abrir as portas para o tema da cannabis medicinal. Com a Câmara Técnica Endocanabinoide, iremos discutir toda a área que envolve a cannabis na medicina, compreender os caminhos, trazer conhecimento e proteger os médicos que atuam nessa área." 

A criação desta Câmara Técnica não apenas reflete o compromisso ético e responsável do CRM-PR com a evolução da medicina, mas também posiciona o Paraná como referência nacional na discussão e aplicação dos benefícios terapêuticos da cannabis medicinal. A expectativa é que a expertise desenvolvida por este grupo contribua significativamente para o avanço da compreensão e implementação dessa prática inovadora em benefício da saúde da população.