O que são extratos de cannabis full spectrum e como são feitos?

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Curadoria e edição Sechat, com informações de Leafly

Extratos de espectro total, muitas vezes chamados de extratos de plantas inteiras, mantêm o perfil completo da planta cannabis. Eles contêm uma variedade de canabinoides, incluindo THC , THCa, CBD , CBDa, CBG e CBN, bem como terpenos e outros compostos, como flavonóides, proteínas, fenóis, esteróis e ésteres.

Esses extratos são desejáveis ​​por várias razões. Do ponto de vista experiencial, eles reproduzem o perfil de sabor e aroma da planta. Do ponto de vista terapêutico ou medicinal, você obtém todos os benefícios do efeito entourage – a teoria de que os vários componentes da planta atuam em sinergia para aumentar a ação das substâncias ativas, como o THC e o CBD.

Extratos de espectro total (full spectrum) são notoriamente difíceis de produzir. Embora seja necessário manter o máximo possível de compostos desejáveis, você também deseja livrar o extrato de componentes desnecessários. Alguns métodos de extração filtram o último usando uma variedade de técnicas de refinamento. 

No entanto, essas mesmas técnicas muitas vezes retiram os extratos de alguns dos compostos mais delicados, como os terpenos e os flavonóides.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Métodos usados ​​para produzir extratos full spectrum

Os processos usados ​​para criar extratos de espectro total devem seguir uma linha tênue para manter os compostos desejados dentro e os indesejados fora. 

Observe que o espectro completo (full spectrum) de compostos de uma determinada cepa é relativo ao ponto em que a extração é realizada. Por exemplo, um extrato de resina viva obtido de uma planta fresca terá um perfil diferente de um extrato de material vegetal seco. Isso ocorre porque alguns compostos mudam durante o processo de secagem.

Além do mais, o perfil de uma planta pode depender de vários outros fatores, incluindo a parte da planta, sua idade e fatores ambientais. Assim, você pode ter vários extratos de espectro completo da mesma cepa, todos com perfis diferentes.

Extração de hidrocarbonetos

A extração de hidrocarbonetos usa butano ou uma mistura de butano-propano para criar extratos full spectrum. Este método permite que o perfil de um extrato seja ajustado.


Nesse tipo de extração, o gás hidrocarboneto é resfriado e liquefeito antes de passar pela matéria-prima vegetal. Os compostos desejáveis ​​da planta são dissolvidos e a solução resultante é refinada usando várias técnicas, como preparação para o inverno e desparafinação. Ambos os processos usam solventes adicionais e baixas temperaturas para remover a cera e os lipídios do produto final. 

Extratos full spectrum podem ser complicados, então os parâmetros do processo devem ser exatos. Pequenas mudanças na composição e temperatura do solvente podem resultar em um produto diferente. Por exemplo, um pequeno aumento na temperatura pode volatilizar certos terpenos, alterando o perfil de sabor do extrato.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

Extração de CO2 supercrítico

Na extração de CO2 supercrítico, a temperatura e a pressão são usadas para criar mudanças de fase no CO2. Ele deixa de ser um gás e passa a exibir propriedades tanto de gás quanto de líquido. Tem uma viscosidade semelhante à do gás e baixa tensão superficial, por isso penetra mais facilmente em sólidos porosos do que um líquido. Isso resulta em uma substância que força a saída de compostos de matéria vegetal com base em seus pesos.

Ajustando a temperatura e a pressão, você pode “sintonizar” o CO2 para criar um ambiente muito preciso, no qual o fluido supercrítico só extrairá os componentes mais desejáveis. Embora a extração de CO2 envolva equipamentos complexos, ela requer pouco ou nenhum pós-processamento, ao contrário de outros métodos de extração.

Pressão

A ideia por trás das extrações de espectro total é que os componentes indesejados sejam removidos. Por exemplo, alguns lipídios vegetais podem levar a um sabor ruim ou a um vapor forte. Dito isso, certos concentrados que contêm esses lipídios,  como a colofónia , às vezes são considerados full spectrum. A colofônia é feita espremendo a resina do material inicial (como uma peneira seca) usando calor e pressão, geralmente com uma prensa especial.

O principal benefício aqui é que o processamento não requer o uso de um solvente e é relativamente seguro. No entanto, como o calor está envolvido, existe a preocupação de que alguns dos componentes desejáveis ​​da planta, como os terpenos, sejam perdidos no processo. 

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

Tipos de extratos full spectrum

Há pouca regulamentação para determinar o que constitui um extrato de espectro total, e alguns produtos são rotulados como tal, mesmo quando não atendem à definição geral. A única maneira real de saber é examinar os resultados do teste de laboratório para o extrato.

Aqui estão alguns nomes de produtos a serem observados ao selecionar um extrato de espectro completo.

Resina viva

A resina viva é produzida com plantas de cannabis frescas (às vezes congeladas) em vez de material vegetal seco. Nem todas as resinas vivas são extratos completos e sua composição dependerá de como são processadas. 

Se for extraído usando um dos métodos acima, você poderá obter um extrato de espectro completo (full). Mas, por exemplo, se você usar um processo que envolve calor, você perderá certos compostos do perfil da planta, como os terpenos. 

Extrato full spectrum de alto terpeno

O processo de extração para este produto é projetado para render um alto nível de terpenos, às vezes até 40%. É viscoso e límpido com consistência semelhante à do mel. Alguns são rotulados como “ sauce ” ou “sauce terp”, nomes que indicam o alto conteúdo de terpeno que em bom português significa “Molho”. No entanto, nem todo molho é de espectro completo.

Extrato full spectrum de alto teor de canabinóide

Nesta extração, os processos são ajustados para que o produto final tenha uma alta concentração de canabinoides. O resultado é uma estrutura cristalina, semelhante ao açúcar ou aos diamantes . Embora os processos de “alto terpeno” e “alto teor de canabinoide” possam ser produzidos a partir da mesma planta, ambos são considerados extratos full spectrum, pois ainda contêm a lista completa de compostos desejáveis ​​presentes na matéria-prima, embora em níveis diferentes.

Veja também

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese