Os destaques da Live Sechat sobre o mercado de empregos

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Por João R. Negromonte

Há um crescimento enorme de mercados ligados a cannabis no Brasil, mas onde encontrar empresas e profissionais que desejam atuar no setor?

Foi através desse pensamento que Danilo fundou a Cannabis Empregos, buscando fomentar um mercado relativamente novo em nosso país e fortalecendo todo um ecossistema empresarial do ramo, afinal, quem empreende gera empregos e quem está no mercado quer trabalhar.

Segundo o fundador da plataforma, o site oferece várias vagas em diversas áreas de atuação como comunicação e marketing, saúde, tecnologia, educação, jurídico, dentre outras. O intuito é juntar as empresas que precisam de mão de obra capacitada, com pessoas interessadas no mercado.

Lang lembra também, que qualquer pessoa acima de 18 anos com conhecimento ou não no campo da cannabis, pode se candidatar. Para isso, basta fazer seu cadastro no site, criar seu currículo, definir a área de atuação e aguardar que as empresas te notem.

Danilo explica que após passar pelo processo seletivo e ser chamado pela empresa, a orientação é para que estude sobre o tema, tenha confiança e se porte de maneira simples, direta e objetiva e nunca interrompa as pessoas que estão falando. Apesar da empolgação para expor o que sabemos, a ideia é escutar e contar tudo sobre a sua vida, pois assim dará a oportunidade do contratante poder julgar se você possui os requisitos necessários para a vaga. Além disso, uma boa apresentação visual do currículo é muito importante, por isso, o Cannabis Empregos oferece a opção de fazer seu currículo direto pelo site, o que garante o planejamento visual e técnico mais apurado.

As empresas também são importantes nesse processo!

Segundo Danilo, como o mercado brasileiro ainda possui algumas restrições, é fundamental que as ofertas das vagas respeitem nossa legislação, ou seja:

Não temos como oferecer uma vaga de emprego em um dispensário, que ainda não é legalizado em nosso país, porém, em uma associação por exemplo, que inclusive cadastramos elas de forma gratuita no site, essa função seria bem aproveitada.

“As leis vigentes no Brasil, ainda limitam muito o acesso das pessoas as oportunidades da indústria, entretanto, pensando no futuro promissor que o mercado da cannabis pode trazer, a tendência é que tudo aconteça naturalmente e as pessoas se acostumem com essas novas “modalidades” de serviços que estão surgindo”, reforça o empreendedor.

Para saber mais sobre o assunto, acompanhe a live na íntegra:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese