Papel higiênico de cânhamo pode auxiliar na solução de problemas ambientais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Parece uma coisa boba a se considerar - papel higiênico feito de cânhamo. Mas não há nada de bobo sobre os benefícios ambientais de seu uso (Foto: Vie Studio/Pexels)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de Green Camp (Ana Vasic)

Após o pico da pandemia de Covid, a demanda por papel higiênico deve ter voltado aos seus limites racionais. Talvez agora seja a hora de falar sobre alternativas, entre elas o cânhamo.

A pergunta mais frequente que o NRDC (The Natural Resources Defense Council) recebeu após a publicação do relatório sobre os efeitos devastadores do consumo de papel higiênico na floresta boreal foi sobre alternativas às árvores para a produção de papel higiênico. 

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

O NRDC alertou todos os entusiastas do cânhamo que eles precisavam se certificar de que a planta é obtida de forma sustentável, sem impactar as florestas. Eles também observaram que ainda não há marcas de lenços de papel à base de cânhamo, mas que “o cânhamo parece ser uma alternativa promissora ao paradigma muito mais destrutivo de depender de árvores para o nosso tecido descartável.”

Agora, tudo isso foi há muito tempo, na era pré-COVID. Depois de testemunharmos o estoque frenético de papel higiênico, nossa conversa deveria ter um tom mais urgente?

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

O valor da polpa de cânhamo

Então, o que há de tão especial nas fibras e na polpa de cânhamo? Por um lado, tudo o que poderia substituir a polpa de madeira virgem sem mais desmatamento vale a pena pesquisar.

Em segundo lugar, de acordo com os Projetos de Agricultura Ecológica da Universidade McGill, há muitos motivos pelos quais a indústria deveria considerar o cânhamo uma alternativa sustentável.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Esses são os seus argumentos

O Boletim #404 do USDA delineou um processo para a produção de papel usando celulose e demonstrou que o cânhamo poderia substituir de 40% a 70% de todo o papel de celulose de árvores.

Um acre de cânhamo produzirá tanta polpa para papel quanto 4,1 acres de árvores em um período de 20 anos. Portanto, esse cálculo significa que o uso do cânhamo para a produção de papel pode ser benéfico tanto em termos econômicos quanto ambientais.

>>> Sechat divulga gratuitamente serviços de 118 médicos prescritores de Cannabis Medicinal

Além disso, o processo de fabricação do papel de cânhamo não requer alvejante com cloro produtor de dioxina. Além disso, usa-se de 75% a 85% menos ácido à base de enxofre, o que significa que o papel higiênico produzido dessa forma pode conter muito menos produtos químicos.

Em seguida, o papel de cânhamo é adequado para uso em reciclagem de 7 a 8 vezes, em comparação com três vezes para papel comum.

E, talvez o mais importante, o cânhamo produz a fibra macia natural mais forte e durável do planeta. Isso poderia calar todos os céticos que duvidam da qualidade do produto final.

Por último, mas não menos importante, o cânhamo cultivado na maior parte do Canadá não exigirá aplicações de herbicidas, fungicidas ou inseticidas.

Agora, com algumas estimativas afirmando que os resíduos da indústria verde podem chegar a até 1 milhão de toneladas por ano (somente na América do Norte), a equação sustentável parece óbvia.

John Whiteside, que fundou a Reciclagem de Cânhamo Industrial em Denver em 2011, observou que essa montanha crescente de biomassa está se tornando uma mercadoria comercializável.

“Estamos ativamente procurando processadores e investidores para se envolverem na tentativa de encontrar diferentes produtos de back-end que você possa fazer”, disse ele à CompanyWeek. “É um mundo totalmente diferente.”

Sim para o cânhamo?

Parece uma coisa boba a se considerar – papel higiênico feito de cânhamo. Mas não há nada de bobo sobre os benefícios ambientais de seu uso. De acordo com o relatório do NRDC, “grande parte da celulose usada para fazer papel higiênico na América vem da floresta boreal, que abriga povos indígenas e animais selvagens ameaçados.”

>> Sechat confirma para 2021 o maior evento sobre Cannabis Medicinal no Brasil

Também armazena quase duas vezes mais carbono do que as reservas mundiais de petróleo. Além disso, mais de 1 milhão de acres de floresta boreal são derrubados todos os anos, muitos dos quais simplesmente são liberados em nossos banheiros.

Confira outros conteúdos sobre o mercado do cânhamo publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese