Série de TV ensina cozinhar com cannabis

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
O programa ensina-nos, sobretudo, a importância de escolher a variedade certa de maconha (Foto: Reprodução/Netflix)

Curadoria e edição de Sechat Conteúdo, com informações de CBD Noticias

A plataforma de streaming mais amada do mundo, a Netflix, lançou em 2020 um novo programa totalmente focado em cannabis. Para os amantes do relaxamento, esta é uma combinação perfeita.

Além disso, “Cooked with Cannabis”, um programa baseado em desafios para chefs onde o elemento principal dos pratos é a cannabis sativa, pode ensinar-lhe muitas coisas que provavelmente não sabia.

Em síntese, no programa, os participantes mostram as múltiplas propriedades relacionadas com o amplo uso que pode ser feito da cannabis. Eles a adicionam a cada prato na forma de infusões, concentrados de THC ou óleo de CBD.

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

A importância das variedades certas

O programa ensina-nos, sobretudo, a importância de escolher a variedade certa de maconha. Cada variedade, principalmente os híbridos, oferece diferentes aromas e fragrâncias que você pode escolher de acordo com suas preferências.

No entanto, é necessário adquirir variedades certificadas , cujas propriedades e procedência sejam conhecidas.

Sobretudo, em Cooked with Cannabis, os chefs preferem variedades de cânhamo sativa da Califórnia. Na verdade, o programa foi filmado na Califórnia, onde a maconha é legal desde janeiro de 2018.

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

THC e CBD: “Cooked with Cannabis” ensina a arte das doses perfeitas

O programa propõe desafios emocionantes nos quais os jurados não poderão deixar de perceber a presença de THC e CBD inseridos no prato.

Nesse sentido, os competidores nos ensinam que a dosagem da erva é fundamental: embora queiram suavizar os julgamentos dos jurados, certamente não querem que a dosagem seja muito alta.

Por isso, durante os episódios vemos como eles misturam produtos de THC com óleo CBD, manteiga ou chás de ervas. Por quê? A resposta é muito simples: THC é a substância que torna a maconha ilegal (tolerada na maconha legal em menos de 0,2%). Isso significa que é o princípio ativo que exerce efeitos psicotrópicos no consumidor, alterando seu estado psicofísico.

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

Para evitar esses efeitos, durante o programa também inserem produtos derivados do canabidiol, mais conhecidos como CBD: um ingrediente ativo que não vicia, mas que produz efeitos benéficos para neutralizar a ansiedade, a insônia e o estresse.

Na verdade, com Cooked with Cannabis, a segunda coisa que aprendemos é fundamental para todos os aspectos da maconha: ser capaz de ingerir as quantidades certas desses ingredientes ativos (pelo menos para países onde isso é legalmente possível).

Um dos produtos mais usados ​​é o óleo CBD. Com apenas alguns mg, os cozinheiros podem combinar sabores relaxantes e efeitos que julgam o amor.

>>> Sechat divulga gratuitamente serviços de 118 médicos prescritores de Cannabis Medicinal

Possibilidades infinitas

A terceira coisa que aprendemos ao assistir “Cooked with Cannabis”, é claro, é que as possibilidades de usar maconha na cozinha são infinitas.

Já pensou em preparar um churrasco ou guarnições simples com temperos de ervas? Se a resposta for não, aqui está o que você pode aprender desfrutando de 30 minutos do programa.

Você é um amante da gastronomia? Os chefs irão ensiná-lo a fazer uma redução de folhas de cannabis, de forma a obter um acompanhamento para os seus pratos preferidos.

>> Sechat confirma para 2021 o maior evento sobre Cannabis Medicinal no Brasil

Um especialista dos benefícios do consumo do CBD explica que tem acompanhado pessoalmente casos de tratamento médico para aliviar distúrbios de estresse pós-traumático e até mesmo tentar impedir a formação de células metastáticas.

Para os jurados experimentarem um estado de intenso relaxamento, o especialista decide servir um prato à base de frango, com pele estaladiça e aromatizado de forma totalmente original: folhas de CBD raladas e algumas gotas de óleo de CBD.

Portanto, use cerca de 3 miligramas por prato, mais uma vez frisando como é importante misturar os sabores, sem exagerar com CBD e THC.

Confira outros conteúdos sobre a cannabis na alimentação publicados pelo Sechat:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese